Fundação Internacional das Mulheres na Comunicação Social

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Fundação Internacional das Mulheres na Comunicação Social é uma fundação com sede em Washington, Estados Unidos, com o objetivo de valorizar o papel das mulheres na comunicação social em todo o mundo.[1][2] A IWMF tem membros em mais de 100 países.[3]

Programas[editar | editar código-fonte]

A IWMF foi criada em 1990 para promovera liberdade de expressão através de apoio a mulheres na comunicação social. Especificamente, visa construir uma rede de mulheres para partilhar ideias, proporcionar competências em matéria de liderança e ajudar as mulheres a desenvolverem as suas carreiras. A fundação atribui prémios para dar reconhecimento ao jornalismo com coragem e pelo trabalho de jornalismo ao longo da vida.[4] A fundação financia formação avançada e bolsas, assim como consultoria jurídica.[5][6]

Referências