Manuel Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Manuel Dias, também referido como Yang Ma-No[1]) ou Emanuel Diaz (Castelo Branco, 1574China, 4 de março de 1659)[2], foi um missionário jesuíta português que se destacou na China, nomeadamente na astronomia.

Padre Manuel Dias iniciou a sua missão na China em 1610 e chegou a Pequim em 1613. Apenas três anos após Galileu Galilei ter divulgado o primeiro telescópio, Manuel Dias divulgou os seus princípios e funcionamento pela primeira vez na China. Em 1615 foi autor da obra Tian Wen Lüe (Explicatio Sphaerae Coelestis), que apresenta os mais avançados conhecimentos astronómicos europeus da época na forma de perguntas e respostas às questões postas pelos chineses, que seria estudado e re-editado na China até ao século XIX.

Referências

  1. Notes on Chinese literature, Alexander Wylie
  2. João Manuel Esteves Pereira, Guilherme Rodrigues, "Diccionario historico, chorographico, heraldico, biographico, bibliographico, numismatico e artistico ...", J. Romano Torres, 1907

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Catherine Jami, Luís Saraiva, "The Jesuits, the Padroado and East Asian science (1552-1773)", World Scientific, 2008, ISBN 9812771255
  • Liam Matthew Brockey, "Journey to the East: the Jesuit mission to China, 1579-1724", Harvard University Press, 2007, ISBN 0674024486
  • Joseph Needham, "Chinese astronomy and the Jesuit mission: an encounter of cultures", China Society, 1958
  • Francisco Rodrigues, "Jesuitas portugueses astrónomos na China, 1583-1805", Tipografia Porto Medico, 1925
  • Joseph Needham, Ling Wang, "Science and Civilisation in China" ISBN 9780521058018