Mario Miranda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mario Miranda
Nascimento 1 de janeiro de 1937 (82 anos)
Filettino
Nacionalidade Italiano
Alma mater Universidade de Pisa
Campo(s) Matemática

Mario Miranda (Filettino, 1 de janeiro de 1937) é um matemático italiano, que trabalha com análise, em especial cálculo variacional e superfície mínima.

Miranda estudou matemática na Universidade de Pisa, obtendo a Laurea em 1959, onde foi depois até 1969 assistente e parcialmente (1959/60, 1964–1968) Professore incaricato. De 1960 a 1964 (e 1979 a 1981) foi Professore incaricato na Escola Normal Superior de Pisa, onde trabalhou com Ennio de Giorgi e Enrico Bombieri. Em 1968/69 foi professor associado na Universidade de Minnesota e de 1969 a 1972 professor extraordinário da Universidade de Ferrara. Em 1972/73 foi professor da Universidade da Califórnia em Berkeley, em 1973/74 da Universidade de Gênova e desde 1974 professor da Universidade de Trento.

Foi palestrante convidado do Congresso Internacional de Matemáticos em Nice (1970: Nouveaux resultats pour les surfaces minimales).[1]

Recebeu o Prêmio Renato Caccioppoli de 1968.

Obras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Nouveaux resultats pour les surfaces minimales» (PDF). Consultado em 2 de novembro de 2017. Arquivado do original (PDF) em 7 de novembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]