Mauro Ramos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde abril de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Mauro Ramos
Nome completo Mauro Ramos
Nascimento 13 de fevereiro de 1961 (56 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator
Dublador
Diretor de dublagem
Locutor
Redator
Cantor
Atividade 1979–presente (ator)
1989–presente (dublador)
Página oficial
IMDb: (inglês)

Mauro Ramos (Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 1961) é um dublador, diretor de dublagem, ator, cantor, narrador, redator e locutor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira na dublagem no dia 15 de março de 1989, sendo indicado pela radioatriz Cordélia Santos a Mário Monjardim para testes e foi contratado com apenas um teste de voz e sem ter feito curso.

Seu primeiro trabalho fixo de dublagem em desenho, foi substituindo o Márcio Simões numa personagem de COPS e o primeiro protagonista de longa foi no filme “A Mulher do Chefe”, substituindo Hélio Ribeiro, que não pôde fazer na ocasião. Ele é conhecido por dublar em desenhos Pumba de O Rei Leão, Shrek (substituindo Bussunda), Sr. Winks em Jakers! As Aventuras de Piggley Winks, James P. "Sulley" Sullivan em Monstros, S/A.[1] É mais conhecido também por ser o responsável por dublar Geoffrey Rush, Forest Whitaker, John Goodman, Gary Oldman, Jean Reno,[2] Brendan Gleeson, Martin Sheen Rip Torn, Kevin Pollak, Bob Hoskins, Ray Winstone, Gerard Depardieu, Kevin Dunn, Wayne Knight e Danny DeVito no Brasil. Trabalhou nos maiores estúdios de dublagem do Brasil, entre eles: Herbert Richers, Delart, VTI Rio, Double Sound, Cinevideo, Audio News, Audio Corp, Unidub, TV Group Digital, e muitos outros.

Também dublagem no brasileiro Lumière, o castiçal de A Bela e a Fera, clássico da Disney.

Na televisão ficou conhecido por dublar Quindim em Sítio do Pica-Pau Amarelo na Rede Globo.

Dublagens em desenhos[editar | editar código-fonte]

Dublagens em seriados[editar | editar código-fonte]

Os Simpsons- Hank Azaria Comic Book Guy (5a voz) Dan Castellaneta Mayor Quimby (atual voz) Kesley Grammer Sideshow Bob (5a voz) Joe Mantegna Tony Gordo (3a voz)

Dublagens em filmes[editar | editar código-fonte]

Dublagens em jogos[editar | editar código-fonte]

  • Illidan em World of Warcraft.
  • Bárbaro em Diablo III.
  • Olaf em League of Legends
  • Robert e algumas vozes soltas em The Last of Us
  • Comissário Gordon em Batman Arkham Origins e Batman Arkham Knight
  • Glóin em LEGO O Hobbit
  • Capitão em Rainbow Six Siege
  • Paparazzo em Watch Dogs 2

Dublagens em novelas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. As várias vozes de Homer Simpson, Shrek e outros personagens
  2. Dublador Mauro Ramos é o convidado do próximo Geração
  3. a b c Dublador profissional substituirá Bussunda em "Shrek Terceiro" - Folha OnLine]
  4. a b «'Não tenho voz de galã', diz dublador de Shrek». G1 - Globo.com. 14 de junho de 2007. Consultado em 6 de janeiro de 2010 
  5. «Star Wars: Encontro Aliança Salvador III». JovemNerd. 28 de outubro de 2013 
  6. Oliveira, Bruna. «Mauro Ramos – o único dublador com slogan no Brasil». Tela Animada. Consultado em 21 de julho de 2012 
  7. Lobão, David Denis (24 de abril de 2007). «Shrek pode ter a voz do Pumba ("O Rei Leão")». ohaYO!. Consultado em 21 de julho de 2012 
  8. «Aldebaran e Sísifo tem vozes confirmadas». Henshin!. 28 de maio de 2010. Consultado em 21 de julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]