Megagametogênese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Megagametogênese consiste no desenvolvimento do megagametófito no interior do óvulo. [1]

Classe Eudicotyledoneae[editar | editar código-fonte]

Em plantas da classe Eudicotyledoneae, todo o processo acontece dentro do óvulo de uma planta. Os detalhes do processo variam por espécie, mas o processo descrito aqui é comum.[2] Este processo começa com um único megasporócito diploide no núcleo. Este megasporócito sofre divisão celular meiótica para formar quatro células que são haplóides.[2] Três células morrem e uma que está mais distante da micrópole se desenvolve no megásporo. Este megásporo torna-se maior e o núcleo sofre mitosetrês vezes até que haja oito núcleos. Esses oito núcleos são então organizados em dois grupos de quatro. Ambos os grupos enviam um núcleo para o centro da célula, que então se torna o núcleo polar.[2] As três células deixadas no final da célula perto do micróptero tornam-se o aparelho de ovos com um óvulo no centro e dois sinérgicos. Uma parede celular se forma ao redor do outro conjunto de núcleos e forma os antipodais. As células no centro se desenvolvem na célula central. Toda essa estrutura, com seus oito núcleos, é chamada de saco embrionário.[2]

Referências

  1. «UFRGS NAPEAD 2011 - Embriologia Vegetal: Esporogênese e gametogênese nas plantas com flores». www.ufrgs.br. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  2. a b c d *Raven,Peter H., Evert, Ray F., Eichhorn, Susan E.(2005). "Biology of Plants, 7th Edition". W. H. Freeman Chapter 19: 442-449.


Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.