Membranofone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um Membranofone.

Membranofones são instrumentos que produzem som com a vibração de membranas distendidas através da de percussão.[1][2][3] É uma das 4 principais divisões no sistema original de de classificação de instrumentos musicais Hornbostel-Sachs.

São exemplos de membranofones os tambores e os kazoos.

Os membranofones podem ser classificados como:[4]

  • Tambores percutidos: instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida. Inclui quase todos os tambores, tais como os timpanos e os tom-tons.
  • Tambores pinçados: São tambores que possuem uma corda fixadas à membrana. Quando a corda é pinçada, passa sua vibração para a membrana, que acompanha a vibração. Alguns acreditam que esta categoria pertença aos cordofones (ver abaixo), por exemplo: tambores indianos.
  • Tambores friccionados: tambores cuja pele ou corda fixada a ela é friccionada com as mãos, baquetas ou algum outro objeto, tais como a cuíca.
  • Membranas Cantantes: São instrumentos que não produzem som, mas modificam o som da voz ou outros sons, através da ressonância de uma membrana, por exemplo: bombo-legüero (de origem nativa da região dos pampas).

Referências

  1. «Membranofones». Instrumentos Musicais. Portal Terra Brasileira. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  2. Benenzon, Rolando. Teoria Da Musicoterapia. Google Livros: Grupo Editorial Summus. 74 páginas. ISBN 9788532303400 
  3. «Membranophone». Enciclopédia DBpédia. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  4. Custodio, Matheus. «Breve Tratado sobre o Som e a Musica». Portal Academia Edu. Consultado em 3 de outubro de 2017