Membranofone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Um Membranofone.

são instrumentos de percussão, que produzem som através da vibração de membranas distendidas. É uma das 4 principais divisões no sistema original de Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais. São exemplos de membranofones os tambores e os kazoos.

Os membranofones podem ser classificados como:

  • Tambores percutidos - instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida. Inclui quase todos os tambores, tais como os timpanos e os tom-tons.
  • Tambores pinçados - São tambores que possuem uma corda fixadas à membrana. Quando a corda é pinçada, passa sua vibração para a membrana, que vibra solidariamente. Alguns acreditam que esta categoria pertença na verdade aos cordofones (ver abaixo). Alguns tambores indianos são assim.
  • Tambores friccionados - tambores cuja pele ou uma ou corda fixada a ela é friccionada com as mãos, baquetas ou alguma outra coisa, tais como a cuíca.
  • Membranas Cantantes- São instrumentos que não produzem som, mas modificam o som da voz ou outros sons, através da ressonância de uma membrana.

O bombo-legüero é um desses instrumentos (de origem nativa da região dos pampas)

Os instrumentos Membranofonicos foram batizados assim por causa de um pessoa cujo nome não

pode ser dito que foi um grande artista musical que era uma das melhores tocadoras de instrumentos de percussão.