Mitreu das Termas de Caracala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mitreu de Santa Balbina)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Mitreu das Termas de Caracala era o maior mitreu conhecido de Roma e foi construído num dos corredores subterrâneos das Termas de Caracala, no rione San Saba. Por causa de sua proximidade da basílica de Santa Balbina, é conhecido também como Mitreu de Santa Balbina.

História[editar | editar código-fonte]

O mitreu ficava localizado perto da êxedra noroeste à qual se chegava pelo exterior do edifício das próprias termas. Apesar de recentemente restaurada, o mitreu permanece geralmente fechado e só é aberto em ocasiões especiais. O ambiente, de planta centralizada, está coberto por uma série de abóbadas em cruzaria assentadas sobre pilastras e conta com dois grandes bancos nas laterais. O piso conserva ainda hoje uma decoração com faixas alternadas em preto e branco. Esta sala é precedida, como era costumeiro, por um vestíbulo a partir do qual se tinha acesso a dois ambientes, um dos quais costumava ser utilizado como estábulo para o touro que era utilizado nos sacrifícios (tauroctonia)[1].

Referências

  1. Coarelli, Filippo (1984). Guida archeologica di Roma (em italiano). Verona: Arnoldo Mondadori Editore