Mohamed Khouna Ould Haidalla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Haïdalla cropped.png

Mohamed Khouna Ould Haidallah (em árabe: محمد خونا ولد هيداله Muḥammad Khouna Wald Haidallah) é um militar e político mauritano, ex-primeiro-ministro e chefe de Estado.

De 31 de maio de 1979 a 12 de dezembro de 1980, atuou como primeiro-ministro, sucedendo ao tenente-coronel Ahmed Ould Bouceif, antes de assumir a presidência do Conselho Militar de Salvação Nacional (Chefe de Estado) em 4 de janeiro de 1980. Foi deposto por Maaouiya Ould Sid'Ahmed Taya, seu ex-primeiro-ministro, em 12 de dezembro de 1984.[1]

Candidato na eleição presidencial de 2007, obteve 1,73% dos votos no primeiro turno e anunciou seu apoio a Sidi Ould Cheikh Abdallahi no segundo turno. Após a eleição deste último e o golpe de Estado que o derrubou em agosto de 2008, apoiou o general Mohamed Ould Abdel Aziz, o novo chefe de Estado.

Referências

Cargos políticos
Precedido por:
Ahmed Salim Ould Sidi
Primeiro-ministro da Mauritânia
1979–1980
Sucedido por:
Sid Ahmed Ould Bneijara
Precedido por:
Mohamed Mahmoud Ould Louly
Presidente da Mauritânia
1980–1984
Sucedido por:
Maaouya Ould Sid'Ahmed Taya
Precedido por:
Maaouya Ould Sid'Ahmed Taya
Primeiro-ministro da Mauritânia
1984
Sucedido por:
Maaouya Ould Sid'Ahmed Taya
Ícone de esboço Este artigo sobre a Mauritânia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.