Moledo (Lourinhã)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Moledo  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Igreja de Moledo
Igreja de Moledo
Localização no concelho da Lourinhã
Localização no concelho da Lourinhã
Moledo está localizado em: Portugal Continental
Moledo
Localização de Moledo em Portugal Continental
Coordenadas 39° 17' 02" N 9° 15' 26" O
Concelho primitivo Lourinhã
Concelho (s) atual (is) Lourinhã
Freguesia (s) atual (is) União das Freguesias de São Bartolomeu dos Galegos e Moledo
Extinção 2013
Área [1]
 - Total 7,45 km²
População (2011)[2]
 - Total 472
    • Densidade 63,4/km2 
Orago Espírito Santo

Moledo é uma antiga freguesia portuguesa do concelho da Lourinhã, com 7,45 km² de área e 472 habitantes (2011)[3] . Densidade: 63,4 hab/km².

Em 2013, passou a integrar a nova União das Freguesias de São Bartolomeu dos Galegos e Moledo.[4]

Nesta localidade esteve situado um palácio onde residiu D.Pedro I com Inês de Castro. O palácio foi entretanto demolido no século XVI.

Apontamento Histórico

A freguesia do Moledo fica situada no Planalto da Cesareda, no concelho da Lourinhã, e no distrito de Lisboa. Dista apenas 8 km da sede do concelho. O topónimo “Moledo” deriva do baixo-latim molletum, que significa “rochedo”, relacionando-se, assim, com a topografia do território em que se integra.

Nesta freguesia existiu, em tempos longínquos, um palácio onde terá vivido D. Inês de Castro. Por diversas vezes D. Pedro aí a visitou. Este é um facto histórico que, mesmo sem estar inteiramente confirmado, permitiu àquela habitação ser imortalizada.

Destaca-se, no seu património cultural e edificado, a Igreja Matriz, de construção renascentista, que tem no seu interior um lambril de azulejos do século XVII, do tipo tapete. O tecto está coberto de pinturas de arabesco. Os moinhos de vento e a vasta zona florestal que rodeia a freguesia são, também, importantes atractivos turísticos.

Em termos administrativos, o Moledo depois de ter pertencido à freguesia de Óbidos, passou para o da Lourinhã depois da grande reforma administrativa de 6 de Novembro de 1836. A nível eclesiástico foi um curato de apresentação do Cabido da Sé de Lisboa.

Moledo é mais uma freguesia do nosso país onde a prática agrícola é, ainda, uma importante fonte de rendimento para a sua população. Esta actividade sofreu, porém, grandes evoluções nas últimas décadas, permitindo que se aumentasse a produção com o aumento da mecanização, e ao mesmo tempo, que se diminuísse consideravelmente a necessidade de mão de obra. Assim, a população que deixou de trabalhar nos campos teve de procurar outros meios de sobrevivência, como foi o caso da construção civil.

Presidente da Junta: Alexandre Manuel de Jesus Maurício

Brasão: escudo de ouro, duas armações de moinho de negro, cordoadas do mesmo e vestidas de azul e dois corações justapostos, de vermelho, tendo sobreposta uma coroa aberta, de azul com pedraria de prata, tudo bem ordenado; um monte de verde em campanha.

Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: "MOLEDO - LOURINHÃ".

Bandeira: azul. Cordão e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro.

Selo: nos termos da Lei, com a legenda: "Junta de Freguesia de Moledo - Lourinhã".

Símbolos:

Armações de Moinho: Representam o carácter rural da freguesia e os locais de interesse turístico.

Coroações e coroa: representam o amor de D. Pedro e D. Inês de Castro, do qual, segundo a tradição, a freguesia de Moledo foi testemunha, pois aqui existiu um palácio que foi residência e refúgio de ambos.

Monte: Representa a localização da freguesia, no planalto da Cesareda.

Parecer favorável da Associação dos Arqueólogos Portugueses a 17 de Setembro de 2002 Registado na Direcção Geral das Autarquias Locais com o n.º 336/2002, de 20 de Novembro Publicado em Diário da República n.º 261, III Série, de 12 de Novembro de 2002

Dados Estatísticos

A área da Freguesia é de 700 ha. Na Freguesia de Moledo existem 426 homens e mulheres e o número de homens reduz-se a 209, com a existência nesta freguesia de 170 famílias, 294 alojamentos e 289 edifícios.

Taxa de analfabetismo (2): 17,3.

Ensino (2): Primário - 274; Preparatório - 54; Secundário - 38; Outros - 4.

(1) Dados preliminares dos Censos 2001 (2) Dados dos Censos 1991

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Moledo [5]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
403 514 504 518 533 623 704 687 636 615 460 513 479 425 472

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011;

Referências

  1. "Áreas das freguesias, municípios e distritos da CAOP2012" (em português). Separador Areas_Freguesias_CAOP2012. Instituto Geográfico Português. 2012. Arquivado desde o original em 9 de Novembro de 2013. Consult. 1 de Abril de 2014. 
  2. "População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)" (em português). Instituto Nacional de Estatística. Arquivado desde o original em 4 de Dezembro de 2013. Consult. 28 de Fevereiro de 2014. 
  3. "População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)" (em português). Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Arquivado desde o original em 4 de Dezembro de 2013. Consult. 1 de Março de 2014. 
  4. "Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias)" (PDF) (em português). Diário da República eletrónico. Arquivado desde o original (pdf) em 6 de Janeiro de 2014. Consult. 28 de Março de 2014. 
  5. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.