Monumentos Históricos de Mtscheta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Monumentos Históricos de Mtscheta *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Jvari 001.jpg
Mosteiro de Jvari
País  Geórgia
Critérios (iii)(iv)
Referência 708
Coordenadas 41° 50′ N 44° 42′ E(Mtscheta)[1]
Histórico de inscrição
Inscrição 1994 [1]  (? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Os Monumentos Históricos de Mtscheta são um Património Mundial na Geórgia, consistindo num grupo de igrejas antigas na região de Mtscheta, fantásticos exemplos de arquitectura medieval religiosa no Cáucaso. Estas igrejas mostram o alto nível artístico e de cultura obtido por este antigo reino.[1]

Algumas das igrejas[editar | editar código-fonte]

Mosteiro de Jvari[editar | editar código-fonte]

Frescos na entrada oeste da Grande Igreja

O Mosteiro ortodoxo de Jvari foi construido no século VI. O seu nome é traduzido como Mosteiro da Cruz.[2]

Uma pequena igreja foi eregida em 545 d.C. e foi-lhe posta o nome de "Pequena Igreja de Jvari". Uma segunda e maior igreja foi, com o nome de "Grande Igreja de Jvari", erguida entre 586 d.C. e 605 d.C.. Com o tempo a importância de Jvari cresceu e atraiu muitos peregrinos. A Grande Igreja de Jvari ainda é usada para grandes celebrações.[2]

Com o passar do tempo o mosteiro foi-se deteriorando por causa da erosão e pela manutenção inadequada.[2]

Catedral de Svetitskhoveli[editar | editar código-fonte]

A Catedral de Svetitskhoveli

A Catedral ortodoxa de Svetitskhoveli é conhecida por ser o local de enterro das vestes de Cristo. Há muito tempo que Svetitskhoveli é a principal igreja da Geórgia e ainda hoje é um venerado locais de adoração. É a segunda maior igreja do país, apenas atrás da Catedral da Santa Trindade, Tbilisi.

A igreja original foi construida no século IV d.C.. A catedral ficou muito danificada durante as invasões dos árabes, persas, de Tamerlão e, mais tarde, durante o período soviético. Foi também danificada por terramotos. A catedral foi restaurada durante 1970-71. A presente catedral foi construida no século XI.[3]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências