Morlocks

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde setembro de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Morlocks (desambiguação).

Os morlocks são personagens criados pelo escritor britânico H. G. Wells para seu livro A Máquina do Tempo.[1] Os morlocks são seres humanóides que vivem nos subterrâneos do século 8.028. Eles descenderam dos seres humanos que se abrigaram no subterrâneo após uma guerra nuclear que devastou o mundo. Ao longo de mais de 800 mil anos de evolução estes humanos acabaram dando origem à uma nova espécie, os Morlocks. Essas criaturas são muito pálidas devido à falta de melanina, são sensíveis à luz do sol e quase cegos. Eles se alimentam de Elois, outra raça derivada dos humanos que ficaram na superfície.

A raça dos morlocks se tornou tão popular que foi retratada por outros autores. Em Die Reise mit der Zeitmaschine (1946), de Egon Friedell. No momento da sua publicação, essa era a única sequel de The Time Machine, descrevendo as visitas futuras do viajante do tempo para o futuro e o emaranhamento da máquina do tempo com o passado.[1] Já em The Man Who Loved Morlocks (1981), de David Lake, o viajante do tempo encontra os Morlocks novamente, mas está equipado com uma câmera e um revólver Colt.[2]

As séries de revistas em quadrinhos e desenhos de X-Men utilizam o termo para designar o grupo de mutantes liderados por Calisto, que vivem no subterrâneo da cidade, excluídos da sociedade por sua aparência,[3] uma clara referência.

Referências

  1. a b McDonald, John Q (3 de outubro de 1998). «Review of The Return of The Time Machine by Egon Friedell». Arquivado do original em 26 de setembro de 2007 
  2. McDonald, John Q. «Review of The Man Who Loved Morlocks by David Lake». Arquivado do original em 26 de setembro de 2007 
  3. Caio Delcolli (7 de junho de 2016). «9 personagens que mostram como X-Men fala sobre preconceito». Consultado em 6 de outubro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.