Ned Ludd

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Líder dos Ludistas, gravura de 1812.

Ned Ludd é a pessoa cujo nome foi utilizado pelo movimento ludista, constituído na Inglaterra da década de 1810. Os ludistas assim se denominavam e assinavam seus manifestos com o nome de "Ned Ludd" (ou ainda "Capitão Ludd", "Rei Ludd" ou "General Ludd"). Entre outras versões biográficas,[1][2][3][4] afirma-se que Ned Ludd foi originalmente um aprendiz em Anstey, Leicestershire, Inglaterra. Avesso ao regime de trabalho nas máquinas de tecelagem, foi condenado a chicotadas sob alegação de não demonstrar empenho. Em resposta, Ned Ludd destruiu com um martelo a máquina em que trabalhava. Poucos sabem o porquê dele se vestir de mulher, provavelmente porque ele defendia as mulheres para elas não trabalhassem.[5]

Referências

  1. Chase, Alston (2001) In a Dark Wood, Transaction Publishers, ISBN 978-0-7658-0752-6, p. 41. (em inglês)
  2. Alsen, Eberhard (2000) New Romanticism: American Fiction, Routledge, ISBN 978-0-8153-3548-1, p. 43. (em inglês)
  3. George Gordon Lord Byron (2002) The Works of Lord Byron. Letters and Journals, Adamant Media Corporation, ISBN 978-1-4021-7225-0, p. 97. (em inglês)
  4. Traill, Henry Duff & Mann, James Saumarez (1902) Social England, Cassell & Co, p. 841. (em inglês)
  5. Hammond, J.L.; Hammond, Barbara (1919). The Skilled Labourer 1760-1832 (pdf) (em inglês) (London: Longmans, Green and co.). p. 259. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.