O Continentino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Continentino foi um jornal brasileiro editado em Porto Alegre.

Iniciou sua circulação em 27 de outubro de 1831, encerrando suas atividades em 1833. Teve duas fases, a primeira, quando era editado por João Manuel de Lima e Silva, durou até 31 de dezembro de 1832, com 130 números. Fazia parte do Gabinete de Leitura, que encobria a sociedade maçônica Filantropia e Liberdade.

Era inicialmente impresso na tipografia de Claude Dubreuil, depois passando a ser impresso em tipografia própria, em formato 22 x 32 cm.

Na segunda fase passou a ser redigidio por Joaquim José de Araújo (também redator d O Inflexível, em 3 de janeiro de 1833, reiniciando a contagem de seus números, que seguiram até o 51, quando Araújo mudou-se para o Rio de Janeiro. Sua última edição foi em 27 de junho de 1833.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BARRETO, Abeillard. Primórdios da Imprensa no Rio Grande do Sul. Comissão Executiva do Sesquicentenário da Revolução Farroupilha, Porto Alegre, 1986.
Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.