Ogígia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Odisseu e Calypso nas cavernas de Ogygia. Pintura de Jan Brueghel (1568 - 1625)

Ogígia ou Ogygia (do grego Ὠγυγίη or Ὠγυγία), é uma ilha mencionada por Homero na Odisseia livro V como o repouso da ninfa Calipso, a filha do Titã Atlas, conhecido também como Atlantis (Ατλαντίς) no grego antigo. Em Ogygia, Calipso deteve Odisseu por sete anos. Entretanto, a pedido de Atena, protetora de Odisseu, Zeus decretou que Calipso deixasse o herói partir. Hermes levou à Calipso a ordem de Zeus e Odisseu abandonou a ilha em uma pequena balsa.

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

Na série de livros de Rick Riordan, Percy Jackson & the Olympians, Percy filho de Poseidon é aprisionado nessa ilha junto Calipso. Calipso apaixona-se pelo herói, e conta que quando um novo herói aparece na ilha, mesmo sabendo que ele não pode ficar, tenta convencê-lo a permanecer com ela. Diz, também, que são as Parcas que enviam esse herói, apenas para a deixar com o coração partido. Ogígia é uma ilha isolada e um paraíso, onde tudo é perfeito. Também no universo de Rick Riordan outro semideus vai para Ogígia. Esse é Leo Valdez, filho de Hefesto, um dos amigos que Percy faz na série Os Heróis do Olimpo. Leo acaba se apaixonando por Calipso, prometendo voltar para a levar com ele. No último livro, o filho de Hefesto salva-a com seu dragão de bronze, Festus.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.