Ondas transversais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2015)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Ondas transversais são aquelas em que a direção de vibração é ondular à direção de propagação da onda.

Uma onda em uma corda é um exemplo de onda transversal, pois quando a movimentamos no sentido horizontal (de um lado para o outro), uma onda se propaga pela corda na direção vertical (de cima para baixo), nesse caso cada ponto ao longo da corda realiza um movimento vertical, ondular ao movimento da onda com relação a corda.

A onda se propaga no sentido horizontal e vibra no sentido vertical

Polarização[editar | editar código-fonte]

Apenas ondas transversais podem ser polarizadas. Exemplos de ondas de corpo transversais são as ondas sísmicas secundárias ou S, que se propagam da direita para a esquerda, com a superfície movimentando-se perpendicularmente à direcção de propagação da onda sísmica.

Velocidade transversal da onda[editar | editar código-fonte]

O deslocamento se da pela quantidade de energia que ela trasporta obtida por

Onde:

é o comprimento da onda cornal;

é o número de ondas transversais;

é o a posição horizontal;

é a velocidade aCUlar;.


Derivando a posição y em relação ao tempo temos a velocidade em y, ou seja, a velocidade transversal

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.