Ophthalmosaurus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Como ler uma caixa taxonómicaOphthalmosaurus
Ocorrência: Final do Jurássico
Ophthalmosaurus

Ophthalmosaurus
Estado de conservação
Extinta (fóssil)
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
Subreino: Eumetazoa
Superfilo: Deuterostomia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Infrafilo: Gnathostomata
Superclasse: Tetrapoda
Classe: Sauropsida
Subclasse: Diapsida
Infraclasse: Ichthyopterygia
Ordem: Ichthyosauria
Família: Ichthyosauridae
Género: Ophthalmosaurus
Espécie: O. discus
Nome binomial
Ophthalmosaurus discus
(Seeley, 1874)

Um réptil extinto aquático, era um carnívoro, que viveu no período jurássico, há 165 milhões de anos, pesava em média 3.000 kg, sua altura chegava aos 1.3m e seu comprimento chegava aos 5 m.

Ophthalmosaurus ou "réptil de olho grande", pertencia ao grupo dos Ictiossauros, que viviam no período Triássico. Os ictiossauros eram répteis, mas se acostumaram tanto à vida no mar que não conseguiam mais movimentar-se em terra para pôr ovos. Em vez disso, seus filhotes nasciam dentro da água, como as baleias e os golfinhos. Depois de nascidos, os bebê provavelmente acompanhavam o grupo de sua mãe e nadavam com os adultos, por segurança.

Ícone de esboço Este artigo sobre Répteis, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.