Orgasmo falso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um orgasmo falso é o resultado de uma pessoa que fingiu ter um orgasmo sem realmente ter ocorrido um. Isso normalmente significa simulando ou agindo através de comportamentos, tais como movimentos corporais, sons vocais, e sequências de intensificação aparente, seguidos de aparente soltura do contato dos órgãos sexuais, tipicamente associados com o orgasmo. Ele também pode incluir indicações verbais constatando que o orgasmo ocorreu.[1]

Contrariamente à crença popular, as mulheres não são o único gênero a fingir orgasmos. Uma pesquisa telefônica aleatória trouxe à tona uma amostra de 1.501 americanos, a qual demostrou que 48% das mulheres e 11% dos homens já fingiu orgasmo.[2] Homens fingir orgasmos torna-se mais fácil, enquanto fazem o uso de preservativos, já que a ejaculação normalmente acompanha o orgasmo no sexo masculino.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1] Randy Thornhill,Steven W. Gangestad, Randall Comer, "Human female orgasm and mate fluctuating asymmetry", Animal Behaviour, Volume 50, Issue 6, 1995, Pages 1601-1615.
  2. «The American Sex Survey» (PDF). ABC News. 2004 
  3. Sohn, A. (16 de fevereiro de 2004). «Snow Job». New York Magazine 
Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.