Palácio Foz de Arouce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.

A Quinta de Famalicão, ou Palácio dos Condes de Foz de Arouce, em Famalicão-Anadia, foi construído em 1860 pelos Condes de Foz de Arouce, Maria Joana de Bourbom de Melo Giraldes Caldeira Pereira de Figueiredo e seu marido Francisco Augusto Mesquita de Paiva Pinto.

Maria Joana era filha dos Marquezes da Graciosa que lhe entregaram a Quinta de Famalicão e as casas velhas que ali havia (casas que haviam sido compradas a Maria Bárbara Street Rangel uns anos antes). Foi sobre estas casas velhas que os Condes de Foz de Arouce edificaram a sua nova casa. A casa de grandes dimensões retrata um estilo típico do século XIX português, com salas de grandes dimensões e grande altura. Anexa à casa, foi mais tarde edificada uma capela com uma vistosa torre sineira; essa capela sofreu um incêndio em 1999 que destruiu a capela-mor.

A casa pertence hoje a Melchior Barata de Tovar, bisneto dos fundadores.

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.