Paleta Líbia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Paleta Líbia
Relevo do reverso
Material Xisto
Criado(a) Nacada III

A Paleta Líbia, também designada como Paleta da Cidade,[1] Paleta do Butim Líbio,[2] Paleta do Tributo Líbio,[3] Paleta do Cerco,[4] Paleta Teenu[5] ou Paleta Tjeenu[6] é a porção inferior de uma paleta do Antigo Egito, esculpida em baixo relevo com decoração e escrita. É datada de Nacada III (3200–3000 a.C.) e foi descoberta em Abidos, no Egito. Foi feita com xisto e possui 19 centímetros de comprimento e 22 de largura.[7] Está abrigada na Sala 43 do andar térreo do Museu Egípcio do Cairo.[8]

No obverso, há uma cena com filas de animais andando dentro de registros e a inscrição hieroglífica hnw ou tjhnw (geralmente transcrita como teenu), muito provavelmente um topônimo do delta ocidental do Nilo ou, segundo muitos estudiosos, da Líbia. [9][10] Abaixo desses animais, um pomar de oliveiras está representado. No lado oposto, há os pés de algumas pessoas acima de uma linha de registro. Sob o registro, sete cidades fortificadas são descritas, com seus dentro da muralha. Acima de cada cidade, um animal agarra a muralha com o hieróglifo mr (enxada).[11] Günter Dreyer penso-a como uma cena de desolação e os animais, ou estandartes, como nomes reais.[10][12] Já outros sugeriram que os animais representam símbolos ou exércitos reais.[1] Outra interpretação completamente diferente é a de que a cena representa a fundação destas cidades.[7]

Referências

  1. a b Lloyd 2010, p. 841.
  2. Davis 1992, p. 299.
  3. Teeter 1999, p. 266-267; 269.
  4. BSE 1991, p. 82; 86.
  5. Hsu 2017, p. 175.
  6. Kemp 1991, p. 50.
  7. a b El-Shahawy 2010, p. 20.
  8. ME 2019.
  9. Wilkinson 1999a, p. 137.
  10. a b Seidlmayer 1998, p. 28.
  11. GME 2018.
  12. Wilkinson 1999a, p. 42.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • «Boletim do Seminário Egiptológico». 11. 1991 
  • Davis, Whitney (1992). Masking the Blow - The Scene of Representation in Late Prehistoric Egyptian Art. Berkeley, Los Angeles, Oxônia: University Of California Press 
  • El-Shahawy, Abeer (2005). The Egyptian Museum in Cairo. Cairo: American University in Cairo Press. ISBN 977-17-2183-6 
  • Hsu, Shih-Wei (2017). Bilder für den Pharao: Untersuchungen zu den bildlichen Ausdrücken des Ägyptischen in den Königsinschriften und anderen Textgattungen. Leida e Nova Iorque: Brill 
  • Kemp, Barry J. (1999). Ancient Egypt: Anatomy of a Civilization. Londres e Nova Iorque: Routledge 
  • Lloyd, Alan B. (2010). A Companion to Ancient Egypt, vol.1. Hoboken, Nova Jérsei: Wiley-Blackwell. ISBN 1-4443-2006-8 
  • Seidlmayer, Stephan (1998). Schulz, Regine; Seidel, Matthias, ed. Egypt: The World of the Phaaohs. Colônia: Könemann. ISBN 3-89508-913-3 
  • Teeter, Emily; Wente, Edward Frank; Larson, John A. (1999). Gold of Praise: Studies on Ancient Egypt in Honor of Edward F. Wente, Edição 58. Chicago: Instituto Oriental da Universidade de Chicago 
  • Wilkinson, Toby A. H. (1999a). Early Dynastic Egypt. Abingdon: Routledge. ISBN 0-415-26011-6