Paris (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paris
Paris (PT/BR)
Cartaz original do filme.
 França
2008 • cor • 130 min 
Direção Cédric Klapisch
Produção Bruno Levy
Roteiro Cédric Klapisch
Elenco Juliette Binoche
Romain Duris
Fabrice Luchini
François Cluzet
Mélanie Laurent
Maurice Bénichou
Género Comédia dramática
Idioma Francês
Música Robert Burke
Loïc Dury
Christophe Minck
Direção de fotografia Christophe Beaucarne
Edição Francine Sandberg
Distribuição Mars Distribution
Studio Canal
Lançamento França 20 de fevereiro de 2008
Portugal 16 de outubro de 2008
Brasil 3 de julho de 2009
Página no IMDb (em inglês)

Paris é um filme de comédia dramática francês de 2008, escrito e dirigido por Cédric Klapisch. Entre os protagonistas, conta-se com a participação de Juliette Binoche, Romain Duris, Fabrice Luchini, Albert Dupontel e Mélanie Laurent.

Em Portugal foi lançado no dia 16 de outubro de 2008 e no Brasil em 3 de julho de 2009.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Pierre é um dançarino parisiense a quem foi diagnosticado um grave problema cardíaco. A única solução é fazer um transplante de coração, cujas probabilidades de ser bem sucedido são baixas. Proibido de dançar, ele refugia-se no seu próprio apartamento e espera por um dador.

Pierre torna-se reflexivo sobre a sua condição e a sua vida passada. Ele assiste filmagens antigas suas de quando dançava, fala com uma antiga namorada dos tempos de escola, recusa-se a contar aos seus pais do seu estado de saúde. Quando finalmente é capaz de sair do apartamento ele vê várias jovens e atraente mulheres, como Khadija e Laetitia.

A morte iminente faz-lhe dar mais valor à vida, seja a sua, a dos outros com quem se cruza diariamente no seu bairro, a da sua irmã ou a da própria cidade. Um dançarino, um arquiteto, uma agente social, um sem-teto, um imigrante africano, uns vendedores,… todos parecem pessoas comuns, mas todos são, cada um à sua maneira, seres singulares. E, para cada um, os seus próprios problemas são o que há de mais importante no mundo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  1. Kraked Unit - "Munivers De Paris"
  2. Wax Tailor (com Charlotte Savary) - "Seize The Day"
  3. Artur Nunes - "Tiea"
  4. Kraked Unit - "L'air des Cendres"
  5. Rosemary Clooney - "Sway"
  6. Quincy Jones - "Comin' Home Baby"
  7. Philippe Katerine - "Louxor J'adore"
  8. Wilson Pickett - "Land of a Thousand Dances"
  9. Grant Phabao pres. Carlton Livingston e The Lone Ranger - "Running For My Life"
  10. Kraked Unit - "Douala Paris"
  11. Kraked Unit - "I Love Bidoche"
  12. Kraked Unit - "Ah Hum Babe"
  13. Adrag - "I don 't give a F..."
  14. Kraked Unit - "Les fleurs du slam"
  15. Erik Satie - "Gnossienne N°1"

Produção[editar | editar código-fonte]

As filmagens ocorreram durante o inverno de 2006-2007, em Paris, principalmente, e em Marrocos.

Referências

  1. Paris: estreias. IMDb. Página visitada em 26 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.