Paul Joseph Mukungubila Mutombo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Paul Joseph Mukungubila Mutombo, também conhecido como Gideon Mukungubila, é um líder religioso cristão e autoproclamado profeta na República Democrática do Congo. Foi candidato presidencial derrotado nas eleições gerais de 2006.

Em dezembro de 2013 cerca de 100 seguidores de Mukungubila atacaram a sede da TV estatal, o Aeroporto de N'djili e uma base militar em torno de Kinshasa, com 46 dos atacantes sendo mortos. Mukungubila declarou que estava respondendo ao assédio do governo e forçou os membros da equipe da TV estatal a ler um comunicado proclamando "Gideon Mukungubila surgiu para livrá-los da escravidão de Ruanda." [1] Um ataque ao quartel da guarda presidencial de Kinshasa em julho de 2014 também foi atribuído a cerca de 20 dos seguidores de Mukungubila. [2]

Referências