Pente dental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pente dental de um Lemur catta, com prémolares similares a caninos ao lado.

Um pente dental é uma estrutura dentária encontrada em alguns mamíferos, compreendendo um grupo de dentes frontais dispostos de uma maneira que facilita a catação, similar a um pente de cabelo. O pente dental ocorre em primatas lemuriformes, escandêncios, colugos, hiracódeos e em alguns antílopes africanos. Essas estruturas evoluíram independentemente em vários mamíferos através de convergência evolutiva e variam em composição dentária e disposição. Em muitos mamíferos, o pente é formado por um conjunto de cinco dentes com espaços entre eles. Ás vezes, incluem apenas os incisivos, mas em primatas lemuriformes incluem os incisivos e os caninos que se projetam para frente e são seguidos por um pré-molar com forma de canino. Os pentes dentais em colugos e hiracóides diferem de incisivos individuais, sendo serrilhados.

Ícone de esboço Este artigo sobre mamíferos é um esboço relacionado ao Projeto Mamíferos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.