Ponte de Vagos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Ponte de Vagos  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Concelho primitivo Vagos
Fundação 1968
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 6,22 km²
Orago Nossa Senhora da Luz

Ponte de Vagos é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Vagos, com 6,22 km² de área e 1 790 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 287,8 hab/km². Desde 2013, faz parte da nova União das Freguesias de Ponte de Vagos e Santa Catarina.

Dista da sede do Concelho 11 km.

História[editar | editar código-fonte]

Ponte de Vagos, no ano 1707 ficava nos limites do Covão do Lobo e outra parte pertencia a Freguesia de Vagos, mas tudo se denominava já por Ponte de Vagos. Após a criação da freguesia de Calvão, Ponte de Vagos passou a pertencer a esta freguesia, à qual esteve ligada durante muitos anos.

No dia 28 de Março de 1968 era promulgado no Diário do Governo, decreto-lei n.º 48 297 a criação da Freguesia de Ponte de Vagos.

Em 2013 as Freguesias de Ponte de Vagos e Santa Catarina deram origem à União de Freguesias de Ponte de Vagos e Santa Catarina.

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes residentes [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 277 1 180 1 467 1 706 1 790

Criada a 28 de Março de 1968 pelo decreto-lei n.º 48 297 com lugares desanexados da freguesia de Calvão

Distribuição da População por Grupos Etários [2]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 371 293 871 171 21,7% 17,2% 51,1% 10,0%
2011 291 248 982 269 16,3% 13,9% 54,9% 15,0%

Lugares[editar | editar código-fonte]

A Ponte de Vagos é constituída pelos seguintes lugares:

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja de Santo André (matriz)

Presidentes da Junta de Freguesia[editar | editar código-fonte]

  • Armando dos Santos Neto
  • Albino Simões Bento
  • Angelino Domingues
  • João Calisto dos Santos Faneca
  • Manuel dos Santos Neto Novo
  • David dos Santos Rosa
  • Leonel Costa Novo
  • Manuel Orlando Marques
  • Silvério de Jesus Rua (actual)

Párocos[editar | editar código-fonte]

  • Padre Ivo Fernandes da Silva (1961-1967)
  • Padre Pascoal (1967-1974)
  • Padre Valdemar (1974-1975)
  • Padre João Mónica (1975-2009)
  • Padre Manuel Cartaxo (2009-2010)
  • Padre José Arnaldo (2010-2013)
  • Padre António Aparício (2013-)

Festas e romarias[editar | editar código-fonte]

  • Festa em Honra da Nossa Senhora da Luz - Data de realização: a 8 de Setembro - Duração: quatro dias
  • Festa da Pinha - Data de realização: Penúltimo fim de semana do mês de Julho - Duração: dois dias
  • Festa do Emigrante - Data de realização: Fim de Semana mais próximo do dia 15 de Agosto - Duração: um dia
  • Festa da Mangueira - Num Sábado entre Agosto e Setembro, festa onde se bebe sangria partir de um balde com uma mangueira.

Breve história da paróquia[editar | editar código-fonte]

O lugar de Ponte de Vagos como pertencia a Calvão, foi desde cedo assistido religiosamente por padres da paróquia de Calvão, como: Padre Batista, Padre Marques e Padre Félix, grande obreiro da construção da paróquia de Ponte de Vagos.

O pedido da criação da paróquia, em 30 de Novembro 1961, foi assinado pelo Prior Capela. O bispo que aprovou que Ponte de Vagos fosse elevada a paróquia, era na altura o Bispo de Aveiro D. Domingues d'Apresentação. Desde que foi criada a paróquia até a chegada do Padre Ivo, quem assistiu religiosamente os pontevaguenses foi o Padre Mário Nunes.

O Padre Valdemar foi auxiliado, entre outros, por: Padre Fontes, Padre António Cruz e Padre Joaquim Martins O pároco desta paróquia entre 1983 e 2009 foi Padre João Mónica Rocha.

O lugar do Vale foi anexado religiosamente à freguesia de Ponte de Vagos em 31 de Dezembro de 1976. Até então este lugar pertencia à paróquia do Covão do Lobo.

Em 1989 esta paróquia ficou mais rica com a vinda da Congregação das Filhas de Maria Auxiliadora mais conhecidas por Irmãs Salesianas. As primeiras a instalarem-se nesta paróquia foram Irmã Libânia, Irmã Teresa e Irmã Leia.

Escolas[editar | editar código-fonte]

  • EB1 de Ponte de Vagos nº1- Canto de Baixo. [1]
  • EB1 de Ponte de Vagos nº 2- Carvalhais. [2]

Associações[editar | editar código-fonte]

  • IPSS - Betel Ponte de Vagos [3]
  • Grupo Coral de Ponte de Vagos
  • Rancho Folclórico Luz e Vida
  • Cooperadores Salesianos [4]
  • Corpo Nacional de Escutas Agrupamento 851-Ponte de Vagos [5]
  • Comissão S. Vicente de Paulo
  • Associação de Pais e Encarregados de Educação das E.B. de Ponte de Vagos

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.