Posição

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Posição (desambiguação).

Em física, a posição de um corpo é a especificação de seu lugar no espaço. A identificação da posição é feita a partir de um vetor, denominado vetor posição, que pode ser escrito em função de um sistema de coordenadas de um certo referencial. A unidade de medida da posição no Sistema Internacional de Unidades é o metro.[1]

Nomenclatura[editar | editar código-fonte]

Para localizar a posição de um objeto no espaço são necessárias 3 medidas. Existe certa liberdade em como uma pessoa escolhe estas 3 medidas, chamadas de coordenadas do objeto. Isto da origem a diversos sistemas de coordenadas possíveis e todos são igualmente bons. No entanto, em alguns casos, a escolha do sistema de coordenada pode simplificar bastante a solução de um problema.

Pelo fato de termos que utilizar 3 medidas para localizar o objeto dizemos então que o espaço tem 3 dimensões. Se o objeto estivesse sobre uma mesa, e estivéssemos apenas interessado na posição do mesmo sobre ela, poderiamos descartar uma das medidas e portando estaríamos lidando com um espaço com 2 dimensões.

Escolha da origem[editar | editar código-fonte]

Para localizar os objetos de seu interesse, primeiro é necessário escolher uma origem. A origem é o ponto de onde se sairá medindo as distâncias até os objetos. Qualquer ponto serve para a origem, mas algumas vezes existem pontos especiais que simplificam a tarefa. Por exemplo em uma sala, os cantos da sala podem ser ótimos pontos para se escolher a origem.

Sistema cartesiano[editar | editar código-fonte]

Plano coord.svg

Neste sistema utilizamos 3 distâncias de um ponto até a origem. Considerando que você esta em uma sala, estas 3 distâncias podem ser:

A altura do objeto do solo ( coordenada z)
A distancia do objeto até uma das paredes que passa pelo canto escolhido como origem ( coordenada x ) e
A distância até a parede adjacente a origem ( coordenada y ).

A ordem em que estas distâncias é escolhida não é relevante, desde que se mantenha a consistência nas medidas. Para simplificar a contabilidade destas médidas utiliza-se uma lista com os valores. Suponha que os valores encontrados sejam, z=1.10 metros, y=2.40 metros, e x=1.2 metros. Podemos escrever a posição do objeto desta forma:

O motivo de escrever as medidas desta forma é para permitir utilizarmos o conceito de vetores. Com este formalismo podemos não só localizar os objetos, como também calcular a distância entre eles em um dado instante. Além disto, após aprendermos como trabalhar com estes conceitos em 2 ou 3 dimensões podemos facilmente generalizar estas ideias para qualquer dimensão. Isto é, com o mesmo raciocínio usado aqui e uma notação 'esperta', podemos calcular distâncias, e muito mais, em qualquer dimensão.

Referências

  1. União Internacional de Química Pura e Aplicada (2018). Grandezas, Unidades e Símbolos em Físico-Química (PDF) 3 ed. São Paulo: Sociedade Brasileira de Química e Sociedade Portuguesa de Química. p. 13 
Wikcionário
O Wikcionário tem o verbete Posição.