Radar Doppler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Radar usado pela Polícia Federal no Brasil
Efeito Doppler

Radar Doppler utiliza como princípio o Efeito Doppler, a fim de medir velocidades, detectar presença de objetos, identificar fenômenos meteorológicos e os seus níveis de intensidade.

O radar era de uso exclusivo militar até a 2ª Guerra Mundial, quando passou a ser vendido e utilizado em outras atividades. Ele funciona baseado na análise da onda que foi emitida. Para verificar o Efeito Doppler é preciso que o alvo tenha uma componente radial da velocidade relativa ao radar, de forma que esse movimento indicará uma variação de freqüência emitida pela fonte.

O Radar emite um sinal de rádio contínuo que permite que o radar diferencie os objetos que estão parados daqueles que estão em movimento. Esse radar pode ser utilizado,por exemplo, para medir a velocidade de um determinado objeto e indicar a sua localização, de modo que ele é largamente utilizado na fiscalização de trânsito.

O Radar Doppler é o tipo mais utilizado de radar meteorológico que atualmente são de extrema importância para o monitoramento atmosférico.  Ele também é empregado, por exemplo, na agricultura, no tráfego aéreo e na previsão do tempo.  As informações coletadas pelo radar auxiliam os meteorologistas no diagnóstico antecipado de catástrofes naturais.

Conceito[editar | editar código-fonte]

Efeito Doppler [editar | editar código-fonte]

Efeito Doppler é um fenômeno físico observado em ondas emitidas ou refletidas por uma fonte .Ele é percebido, por exemplo, ao se escutar o som da sirene de uma ambulância que passa por um observador. A medida que a ambulância se aproxima o tom vai se tornando cada vez mais agudo, e quando se afasta se torna mais grave. O que acontece é que percebemos uma frequência relativa, que é não é a mesma frequência com que a onda foi emitida.

Frequência[editar | editar código-fonte]

A frequência observada por ser descrita, tal que:

f_o = f_f \frac{v + v_o}{ v + v_f}\,

Onde:

  • f_o é a frequência percebida pelo observador;
  • f_f é a frequência emitida pela fonte;
  • v é a velocidade no meio;
  • v_o é a velocidade do observador em relação ao meio;
  • v_fé a velocidade da fonte em relação ao meio.

Velocidade Radial[editar | editar código-fonte]

v_\text{radial}=v_\text{f}\cdot \cos{\theta}

Onde,

  • {\theta} é o angulo que entre o observador e a fonte.
  • v_f é a velocidade da fonte em relação ao meio.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Efeito Doppler
  2. DE ANGELINS, Carlos Frederico. Radar Meteorológico. Disponível em <http://chuvaproject.cptec.inpe.br/portal/saoluis/curso/angelis/UFRJ_radar.pdf> . Acesso em 01/11/2015.
  3. MAIA, Helton. FARIAS, Sheyla. Efeito Doppler.Ondas eletromagnéticas para detecção de velocidade. Disponível em<http://www.unibratec.edu.br/tecnologus/wp-content/uploads/2007/08/n2_maia_h.pdf > Acess em 05/11/2015.