Razão anarmônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em geometria projetiva, distâncias e ângulos não são preservados. O conceito métrico que é preservado pelas transformações projetivas é a razão anarmônica.

A razão anarmônica de quatro pontos colineares é definida por:

em que os segmentos de reta devem ser interpretados como segmentos orientados.

Os quatro pontos estão na razão harmônica quando a razão anarmônica entre eles vale -1.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Bisekt001.png

  • Sejam os pontos BCDE, em que BC é um lado de um triângulo ABC, e os pontos D e E são tais que AD é a bissetriz interna do ângulo  e AE é a bissetriz externa. A razão anarmônica BCDE vale:

Orientando a reta BC no sentido de B para C, temos que BD e CD tem sinais opostos, enquanto que BE e CE tem o mesmo sinal:

Usando as propridades das bissetrizes, ou seja, (e uma análoga com E no lugar de D):

Propriedade[editar | editar código-fonte]

Birapport et projection.png

  • A razão anarmônica é preservada por transformações projetivas. No caso, as razões anarmônicas são iguais: (A; B; C; D) = (A'; B'; C'; D')
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.