Rebelião dos Conservadores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Rebelião dos Conservadores (em espanhol: Rebelión de los Conservadores), que ocorreu em agosto de 1855, foi um levante contra o governo de Venâncio Flores, então presidente constitucional do Uruguai. A rebelião foi realizada por colorados dissidentes que haviam formado o Partido Conservador e terminaria com a renúncia de Flores da presidência. [1].

Referências

  1. Flores, Venancio (1808-1868)., em espanhol, acesso em 04 de novembro de 2017.


Ícone de esboço Este artigo sobre o Uruguai é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.