Renda marginal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Em microeconomia, renda marginal é a renda extra que uma unidade adicional de produto irá gerar. É a receita adicional da venda de uma unidade a mais de um bem, por vezes, igual ao preço..[1] Ela também pode ser descrita como a mudança na receita total/alteração no número de unidades vendidas. Matematicamente, a função da renda marginal é obtida por meio da derivada da função de renda.

Exemplo[editar | editar código-fonte]

Em uma fábrica de ventiladores, o preço de um tipo de ventilador é dado por P(q)=-2q+800, em que 0≤q≤400.

A função receita é dada pelo produto entre a demanda (q) e o preço (p), ou seja: R(q)=pq = -2q²+800q. Derivando-se esta função, obtém-se a receita marginal: R'(q)=-4q+800.

Ao nível de 100 unidades produzidas, a receita marginal equivale a este resultado: R(100) = -4*100 + 800 = R$ 400,00.[1]

Referências

  1. Sullivan, Arthur; Steven M. Sheffrin (2003). Economics: Principles in action. Upper Saddle River, New Jersey 07458: Pearson Prentice Hall. pp. 112. ISBN 0-13-063085-3.