Requisito não funcional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Requisito não-funcional)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Requisitos não-funcionais são os requisitos relacionados ao uso da aplicação em termos de desempenho, usabilidade, confiabilidade, segurança, disponibilidade, manutenção e tecnologias envolvidas. Estes requisitos dizem respeito ao como as funcionalidades serão entregues ao usuário do software.[1]

'Requisitos Não funcionais'

  • Demonstram qualidade acerca dos serviços ou funções disponibilizadas pelo sistema. Ex.: tempo, o processo de desenvolvimento, padrões, etc.
  • Surgem conforme a necessidade dos usuários, em razão de orçamento e outros fatores.
  • Podem estar relacionados à confiabilidade, tempo de resposta e espaço nas mídias de armazenamento disponíveis.
  • Caso ocorra falha do não atendimento a um requisito não funcional, poderá tornar todo o sistema ineficaz. Ex.: requisito confiabilidade em um sistema de controle de voos.

Classificação dos Requisitos Não Funcionais

  • Requisitos de produtos: Requisitos que especificam o comportamento do produto.Ex. portabilidade; tempo na execução; confiabilidade, mobilidade, etc.
    • Requisitos de usabilidade (facilidade de uso). Ex.: usuários deverão operar o sistema após um determinado tempo de treinamento.
    • Requisitos de eficiência. Ex.: o sistema deverá processar n requisições por um determinado tempo.
    • Requisitos de confiabilidade. Ex.: o sistema deverá ter alta disponibilidade, p.exemplo, 99% do tempo.
    • Requisitos de portabilidade. Ex.: o sistema deverá executar em qualquer plataforma.
  • Requisitos organizacionais: Requisitos decorrentes de políticas e procedimentos corporativos. Ex. padrões, infraestrutura,etc.
    • Requisitos de entrega. Ex.: um relatório de acompanhamento deverá ser fornecido toda segunda-feira.
    • Requisitos de implementação. Ex.: o sistema deverá ser desenvolvido na linguagem Java.
    • Requisitos de padrões. Ex.: uso de programação orientada a objeto sob a plataforma A.
  • Requisitos externos: Requisitos decorrentes de fatores externos ao sistema e ao processo de desenvolvimento. Ex. requisitos de interoperabilidade, legislação,localização geográfica etc.
    • Requisitos de interoperabilidade. Ex.: o sistema deverá se comunicar com o banco SQL Server.
    • Requisitos éticos. Ex.: o sistema não apresentará aos usuários quaisquer dados de cunho privativo.
    • Requisitos legais. Ex.: o sistema deverá atender às normas legais, tais como padrões, leis, etc.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • PRESSMAN,R.S. Engenharia de Software 6a.edição, Editora McGraw-Hill,2006, ISBN: 8586804576
  • SOMMERVILLE,I. Engenharia de Software, 8a. Edição,Editora: Addison-Wesley,2007,ISBN: 9788588639287


Ícone de esboço Este artigo sobre software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Vazquez, Carlos; Simões, Guilherme (2016). Engenharia de Requisitos: Software Orientado ao Negócio. [S.l.]: Brasport