Retinopatia da prematuridade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Retinopatia da Prematuridade ou Fibroplasia Retrolenticular é uma condição médica em que se verifica uma alteração no crescimento da retina.

A retinopatia da prematuridade (ROP) é uma enfermidade vasoproliferativa secundária à vascularização inadequada da retina imatura dos recém-nascidos prematuros (RN). É uma das principais causas de cegueira prevenível na infância, sendo responsável por 50.000 crianças cegas em todo o mundo[1]. A proporção de cegueira causada por ROP é muito influenciada pelo nível de cuidado neonatal (disponibilidade de recursos humanos, equipamentos, acesso e qualidade de atendimento), assim como pela existência de programas eficazes de triagem e tratamento.

A condição ocorre em prematuros, em que se dá um crescimento dos vasos sanguíneos da retina, de maneira anormal[2], o que pode resultar na formação de cicatrizes e descolamento da retina. A doença pode ser leve e resolver-se espontaneamente, mas também pode levar à cegueira nos casos mais graves. Como tal, todos os bebês prematuros correm o risco de adquiri-la e o peso muito baixo ao nascer é um fator de risco adicional. [3]

Referências

  1. [. Gilbert C, Rahi J, Eckstein M, O’Sullivan J, Foster A. Retinopathy of prematurity in middle-income countries. Lancet. 1997;350(9070):12-4. . Gilbert C, Rahi J, Eckstein M, O’Sullivan J, Foster A. Retinopathy of prematurity in middle-income countries. Lancet. 1997;350(9070):12-4.] Verifique valor |url= (ajuda)  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. Retinopathy of prematurity
  3. Retinopatia da prematuridade

Wiki letter w.svgEste artigo sobre medicina é mínimo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.