Riddarhuset

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lado sul da Casa da Nobreza, com a divisa : CLARIS MAIORUM EXEMPLIS.
Casa da Nobreza em 1885
Fachada norte da Casa da Nobreza

Riddarhuset, que quer dizer Casa da Nobreza, é a designação da associação corporativa que organiza e representa a nobreza sueca desde 1866, assim como o nome do palacete onde está instalada esta instituição - o Riddarhuspalatset, em Estocolmo.[1][2]

Entre o século XVII e o século XIX foi a Câmara dos Estados-Gerais do Reino (Ståndsriksdagen), equivalente à Câmara dos Lordes britânica.
Com a abolição do papel político da nobreza sueca e a substituição em 1866 dos Estados-Gerais do Reino pelo Riksdag, a Casa da Nobreza tornou-se um órgão oficial de representação da nobreza sueca, controlada pelo governo. Desde 2003 é uma instituição privada que trabalha em favor dos interesses da nobreza.

O edifício[editar | editar código-fonte]

A Casa da Nobreza (Riddarhuspalatset) é também o nome dado ao edifício que alberga a associação corporativa da nobreza sueca. Está situada no centro histórico de Estocolmo, na ilha Gamla Stan. Foi construído de 1641 a 1672 por quatro arquitectos diferentes: Simon de la Vallée de 1641 a 1642, Heinrich Wilhelm de 1645 a 1652, Joost Vingboons de 1653 a 1656 e Jean de la Vallée de 1656 a 1672. As duas alas do edifício foram juntas em 1870.

Na fachada sul há uma estátua de Gustavo I Vasa, e a fachada norte está virada para um parque onde há uma estátua de Axel Oxenstierna.

Referências

  1. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Riddarhuset». Norstedts första svenska ordbok (em sueco) (Estocolmo: Norstedts ordbok). p. 518. ISBN 91-7227-186-8. 
  2. «1069». Norstedts uppslagsbok (em sueco) (Estocolmo: Norstedts). 2007-2008. p. Riddarhuset. ISBN 9789113017136. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]