Rio Cabrão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Rio Cabrão 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização no Concelho de Arcos de Valdevez
Localização no Concelho de Arcos de Valdevez
Localização
Rio Cabrão está localizado em: Portugal Continental
Rio Cabrão
Localização de Rio Cabrão em Portugal Continental
Mapa de Rio Cabrão
Coordenadas 41° 48' 40" N 8° 30' 34" O
Concelho primitivo Arcos de Valdevez
Concelho (s) atual (is) Arcos de Valdevez
Freguesia (s) atual (is) Jolda (Madalena) e Rio Cabrão
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 2,71 km²
População total (2011) 135 hab.
Densidade 49,8 hab./km²

Rio Cabrão foi uma freguesia portuguesa do concelho de Arcos de Valdevez, com 1,73 km² de área e 135 habitantes (2011)[1]. Densidade: 78 hab/km².

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Madalena de Jolda, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Jolda (Madalena) e Rio Cabrão com sede em Madalena de Jolda.[2]

As localidades da freguesia são: Alqueires, Boal, Codeceira, Coto Rio Cabrão, Fundo de Vila, Igreja, Letrigo, Monte, Pinhô, Pontizela, Quintela.

Festas e romarias: Santo António e S. Lourenço (10 Agosto).

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Rio Cabrão [3]
1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
211 184 181 247 267 250 267 252 195 144 135

Nos anos de 1864 a 1900 estava anexada à freguesia de Cendufe

Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 17 25 70 32 11,8% 17,4% 48,6% 22,2%
2011 21 12 64 38 15,6% 8,9% 47,4% 28,1%

.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1258, na lista das igrejas situadas no território de Entre Lima e Minho, elaborada por ocasião das Inquirições de D. Afonso III, São Lourenço de Rio Cabrão é citada como uma das igrejas pertencentes ao bispado de Tui. Era então denominada "Sancto Laurentio".

Em 1320, no catálogo das mesmas igrejas, mandado efetuar pelo rei D. Dinis, para pagamento da taxa, São Lourenço de Rio Cabrão, então denominada São Lourenço de "Rodalhi", foi taxada em 50 libras.

Em 1444, D. João I conseguiu do papa que o território, de Entre Lima e Minho passasse a pertencer ao bispado de Ceuta. Mais tarde, em 1512, toda a comarca eclesiástica de Valença passou para o arcebispado de Braga, recebendo em troca o bispo de Ceuta, D. Henrique, a comarca de Olivença.

Em 1546, no Memorial feito pelo vigário da Comarca de Valença, Rui Fagundes, no tempo de D. Manuel de Sousa, São Lourenço de Cabrão estava anexa, juntamente com São João de Parada, ao mosteiro de Ázere. No Censual de D. Frei Baltasar Limpo, na cópia de 1580 São Lourenço de Cabrão era anexa perpetuamente. Eram-lhe também anexas São João de Parada e Santa Maria de Paços e São Cosme de Ázere. Segundo Américo Costa, foi vigairaria da apresentação do reitor de Ázere.

Em termos administrativos, a freguesia de Rio Cabrão esteve anexa à de Cendufe nos anos de 1864 a 1900.

Património[editar | editar código-fonte]

Códigos postais[editar | editar código-fonte]

Alqueires: 4970-291 Rio Cabrão Boal: 4970-292 Rio Cabrão Codeceira: 4970-293 Rio Cabrão Coto Rio Cabrão: 4970-294 Rio Cabrão Fundo de Vila: 4970-295 Rio Cabrão Igreja: 4970-296 Rio Cabrão Monte: 4970-297 Rio Cabrão Letrigo: 4970-300 Rio Cabrão Pinhô: 4970-301 Rio Cabrão Pontizela: 4970-298 Rio Cabrão Quintela: 4970-299 Rio Cabrão

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 3 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.