Rio Kamtchatka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kamtchatka
Meanders of Kamchatka river.jpg

Meandros do rio

Kamchatka river.png

Mapa do percurso do rio

Nome local
ru
Localização
Continente
País
Localização
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
758 km
Hidrografia
Tipo
Área da bacia
55 900 km²
País(es) da
bacia hidrográfica
Afluentes
principais
Caudal médio
924 m3/sVisualizar e editar dados no Wikidata
Foz

O rio Kamtchatka ou rio Kamchatka (em russo: Камча́тка é um rio que percorre o krai de Kamtchatka, na Sibéria oriental, Rússia. Nasce nas montanhas centrais da península de Kamtchatka e desagua no Oceano Pacífico. Tem um comprimento de 758 km e drena uma bacia de 55.900 km².

Administrativamente, todo o rio atravessa o krai de Kamchatka da Federação Russa. Tem um regime nival.

O rio é muito rico em salmão, que sobe o rio todos os anos aos milhões, e que anteriormente constituía uma das bases da alimentação da população indígena dos itelmenos.[1]

Geografia[editar | editar código-fonte]

O rio Kamchatka tem a sua origem na cordilheira central (Sredny Khrebet), uma espécie de "espinha dorsal" da península de Kamtchatkaque, sendo o maior da reigão. Durante um curto trecho corre para sul, mas depois vira para nordeste, num trecho inicial de montanha com muitos rápidos. Corre pela planície central da península, na depressão localizada entre os maciços Central e Oriental e torna-se um rio de planícies, com numerosos menadros e ilhas. Em seguida, contorna o vulcão Kliuchevskoi (4.750 m).

O rio é navegável até uma distância de 486 km da foz, embora seja afetado por um período de gelo bastante longo, que dura, em média, de novembro a abril-maio. O rio tem muitos afluentes, entre eles os rios Kensol, Andrianovka, Zhupanka, Kozyrevka, Kitilgina, urts, Kirganik, Kavicha e Bolshaia Kimitina.

O Kamchatka é rico em peixes, sendo o local de reprodução de muitas espécies de salmão, incluindo o chavychi. A pesca é feita como atividade industrial e também como atividade recreativa.

Referências