Rio Marañón

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rio Marañón
Maranon.jpg

Vista do vale do rio Marañón, entre Chachapoyas (Leymebamba) e Celendín

Localização
Continente
País
Flag of Peru.svg PeruVisualizar e editar dados no Wikidata
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
1600 km
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Área da bacia
350 000 km2Visualizar e editar dados no Wikidata
Nascente
Altitude da nascente
5800 m
Afluente
principal
rios Crisnejas, Chamayo, Cenepa, Santiago, Moroña, Pastaza, Chambira, Huallaga e Tigre
Caudal médio
16 708 m3/sVisualizar e editar dados no Wikidata
Foz

O rio Marañón nasce no Peru a cerca de 5800 m de altitude, no glaciar do Nevado de Yapura, nos Andes (leste do país). Depois de percorrer cerca de 1600 km, junta-se ao rio Ucayali (Rio Amazonas), que por sua vez flui com o nome de rio Amazonas até à fronteira Brasil-Peru onde recebe o nome de rio Solimões.

Entre os seus afluentes mais importantes estão os rios Crisnejas, Chamayo, Cenepa, Santiago, Moroña, Pastaza, Huallaga e Tigre, todos no Peru. Por sua quantidade de cascatas e rápidos, é um rio navegável somente em seu curso baixo.