SIGABA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Na história da criptografia, o ECM Mark II foi uma máquina de rotores usada pelos Estados Unidos desde a Segunda Guerra Mundial até à década de 1950. A máquina também era conhecida pelo Exército como SIGABA ou Converter M-134, ou como CSP-889 pela Marinha, e uma versão modificada pela Marinha era conhecida como CSP-2900.

Como muitas outras máquinas da época, usava um sistema electromecânico de rotores a fim de cifrar mensagens. Não se conhece publicamente nenhuma criptoanálise bem sucedida durante o tempo de serviço da máquina.