Sacro monte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para o bairro da cidade espanhola de Granada, veja Sacromonte.

Sacro monte é uma tipologia da arte sacra cristã que simula, através da composição com estátuas realistas em tamanho natural, os eventos derradeiros da vida de Jesus.

Como o nome sugere, usualmente os sacro montes são localizados em locais elevados, recordando o caminho de Jesus até o monte do Gólgota. Diversas capelas ou estações são montadas pelo caminho, onde são reencenados com estátuas os passos da Paixão ou da Via crucis. Esta tipologia nasceu depois que o acesso dos peregrinos cristãos à Terra Santa foi dificultado em virtude da conquista da área pelos muçulmanos. Buscava-se desta forma evocar na Europa o cenário que os cristãos já não podiam ver com seus próprios olhos. O objetivo de tais montagens era suscitar com mais veemência a piedade e o misticismo dos devotos. Na Europa diversos sacro montes importantes ainda sobrevivem, como o Sacro Monte de Varallo,na Itália, o Santuário do Bom Jesus do Monte, em Portugal, e no Brasil é famoso o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Zanzi, Luigi. Sacri monti e dintorni. Jaca Book, 2005
  2. Toscan, Marcia. As simbologias religiosas dos Santuários do Bom Jesus do Monte de Braga e do Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas. Dissertação de Mestrado. Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 2013