Santuário Sepilok Orang Utan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um orangotango do centro de reabilitação.

O Centro de reabilitação Sepilok Orang Utan é um santuário de orangotangos localizado a cerca de 25 km a oeste de Sandakan, no estado de Sabah, na ilha do Bornéu, Malásia.

O centro foi inaugurado em 1964 como o primeiro projeto oficial de resgate e reabilitação de orangangotangos bebês órfãos.[1] Os orangotangos bebês são treinados para sobreviver na natureza e são libertados logo que eles estejam prontos. O santuário está localizado na reserva florestal Kabili-Sepilok que cobre uma área de 4,294 ha (10,610 acres).[2] Hoje, cerca de 60 a 80 orangotangos vivem livres na reserva.[3] Atualmente é uma das atrações turísticas de Sabah.[4]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Thompson, Shawn (2010). The Intimate Ape: Orangutans and the Secret Life of a Vanishing Species. [S.l.]: Citadel Press. p. 54. ISBN 978-0-8065-3133-5 
  2. «Conservation Areas Information & Monitoring System - Kabili-Sepilok FR». Sabah Forestry Department. Consultado em 6 de setembro de 2012. 
  3. «Sepilok Rehabilitation Centre - Orangutan Appeal UK». Consultado em 6 de setembro de 2012. 
  4. «Sepilok Orang Utan Sanctuary». Tourism Malaysia. Consultado em 6 de setembro de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo é um esboço sobre Áreas protegidas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.