Saqaliba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Saqaliba (árabe: صقالبة, singular Siqlabi) é o termo que designa eslavos, mas que foi aplicado no mundo medieval árabe e islâmico, particularmente no Norte de África, na Sicília e no Al-Andalus (Península Ibérica islâmica), aos escravos de origem europeia. O termo árabe é um empréstimo do grego bizantino: saqlab, siklab, saqlabi etc. são todos corrupções do grego Sklavinoi para "Eslavo". Os eslavos eram muito procurados como concubinas e escravos militares.

Na Espanha islâmica, ou Alandalus, do século IX aos XII, eunucos eslavos eram tão populares e amplamente difundidos que se tornaram sinônimo de Saqāliba, embora o termo se aplicasse de facto a escravos de variadas origens, como turcos, e outros cativos obtidos em raides na Espanha cristã. [1]

Referências

  1. Rodriguez, Junius P. (1997). The Historical Encyclopedia of World Slavery. [S.l.]: Abc-Clio. pp. 565–566 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.