Scum (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Scum
Álbum de estúdio de Napalm Death
Lançamento 1 de julho de 1987
Gravação Agosto de 1986 e Maio de 1987 no Rich Bitch studio (Birmingham)
Gênero(s) Grindcore, hardcore punk
Duração 33:19
Gravadora(s) Earache
Produção Napalm Death, Unseen Terror, Head of David, Dig
Cronologia de Napalm Death
Hatred Surge
(1985)
From Enslavement to Obliteration
(1988)

Scum é o álbum de estreia da banda britânica de grindcore Napalm Death. Foi o único disco gravado com os integrantes Nicholas Bullen, Justin Broadrick e Jim Whitely; após a saída de Bullen, a banda ficou sem nenhum membro original.

Originalmente, o lado A do álbum foi gravado por £50.00 (libras) no Estúdio Rich Bitch (Birmingham, Inglaterra) em agosto de 1986. Na verdade o grupo planejava lançar o lado A em um split com a banda de crossover thrash britânica Atavistic, que seria lançado pela gravadora Manic Ears Records (Bristol, Inglaterra). Após uma extensiva mudança de integrantes, o lado B do álbum foi gravado em maio de 1987, novamente no estúdio Rich Bitch Studios. O álbum foi lançado em um só pela, então, iniciante gravadora, Earache Records. Apenas o baterista Mick Harris tocou em ambos os lados.

A capa do álbum foi desenhada por Jeffrey Walker, vocalista do influente grupo de goregrind britânico Carcass. O álbum foi relançado em CD e recebeu a inclusão do álbum From Enslavement to Obliteration no pacote, além de 4 faixas adicionais.

Em 2005, o disco foi votado entre os "50 Melhores Álbuns Britânicos de Todos os Tempos" pela revista Kerrang!, e em 2009 ficou em nº 5 na lista dos discos essenciais de grindcore da Europa feita pela revista Terrorizer.[1][2] Também foi citado o livro de Robert Dimery 1001 Albums You Must Hear Before You Die (1001 Álbuns que você precisa ouvir antes de morrer).

A canção "You Suffer" foi eleita pelo Guinness Book como a música mais rápida do mundo.[3]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 5 de 5 estrelas.[4]
The Metal Forge 10/10[5]
Metal Forces 9.1/10[6]
Pitchfork Media 8.4/10[7]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Letras escritas por Nik Bullen e Justin Broadrick. Músicas compostas por Napalm Death.

Lado A
N.º Título Duração
1. "Multinational Corporations"   1:06
2. "Instinct of Survival"   2:26
3. "The Kill"   0:23
4. "Scum"   2:38
5. "Caught... in a Dream"   1:47
6. "Polluted Minds"   0:58
7. "Sacrificed"   1:06
8. "Siege of Power"   3:59
9. "Control"   1:23
10. "Born on Your Knees"   1:48
11. "Human Garbage"   1:32
12. "You Suffer"   0:01
Duração total:
19:30

Letras escritas por Jim Whitely. Músicas compostas por Napalm Death.

Lado B
N.º Título Duração
1. "Life?"   0:43
2. "Prison Without Walls"   0:38
3. "Point of No Return"   0:35
4. "Negative Approach"   0:32
5. "Success?"   1:09
6. "Deceiver"   0:29
7. "C.S."   1:14
8. "Parasites"   0:23
9. "Pseudo Youth"   0:42
10. "Divine Death"   1:21
11. "As the Machine Rolls On"   0:42
12. "Common Enemy"   0:16
13. "Moral Crusade"   1:32
14. "Stigmatized"   1:03
15. "M.A.D."   1:34
16. "Dragnet"   1:01
Duração total:
13:34

Créditos[editar | editar código-fonte]

Lado A
Lado B

Referências

  1. Napalm Death at Allmusic
  2. Badin, Olivier (2009). "Essential Albums|Europe", Terrorizer Magazine 180, p. 54.
  3. Orange County Weekly article
  4. Raggett, Ned. Napalm Death: Scum > Overview (em inglês) no Allmusic. Acessado em 23 February 2014.
  5. Milburn, Simon (19 de março de 2007). «Napalm Death - Scum». The Metal Forge. Sumner, Queensland. Consultado em 18 de janeiro de 2015 
  6. Exley, Mike (1987). «Napalm Death: Scum». Stevenage: Rockzone Publications. Metal Forces (24). Consultado em 31 de outubro de 2014 
  7. Stosuy, Brandon (6 de setembro de 2007). «Napalm Death: Scum: 20th Anniversary Edition». Pitchfork Media. Chicago. Consultado em 23 de fevereiro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Napalm Death é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.