Seminário Presbiteriano do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes válidas. Utilize o campo de resumo para uma breve explicação das alterações e, se achar necessário, apresente mais detalhes na página de discussão.

Seminário Presbiteriano do Sul
SPS
Fundação 08 de setembro de 1888 (129 anos)
Tipo de instituição Privada
Localização Campinas, Estado de São Paulo
Reitor(a) Rev. Adão Carlos Nascimento
Afiliações Igreja Presbiteriana do Brasil
Página oficial http://sps.br/

O Seminário Presbiteriano do Sul, também conhecido pela sigla SPS, é um seminário protestante presbiteriano situado na cidade de Campinas, Estado de São Paulo. A instituição de ensino superior é destinada à formação de pastores e pertence a Igreja Presbiteriana do Brasil[1].

História[editar | editar código-fonte]

O Seminário Presbiteriano do Sul nasceu, oficialmente, no dia 8 de setembro de 1888, quando o Sínodo da Igreja Presbiteriana do Brasil aprovou o relatório da comissão nomeada para tratar da criação de uma escola para formar pastores. Porém, o início das aulas só ocorreu no dia 15 de novembro de 1892, quando o seminário foi instalado em Nova Friburgo, Estado do Rio de Janeiro. Dois anos depois, a instituição foi transferida para São Paulo capital, onde começou a funcionar no dia 25 de janeiro de 1895.

Em 1907, o SPS foi transferido para Campinas, sendo instalado nos prédios do Colégio Internacional que, devido à epidemia de febre amarela, havia sido transferido para Lavras, Estado de Minas Gerais[2].

Em 1929, cogitou-se da volta do seminário para São Paulo. A Igreja Presbiteriana do Brasil chegou a adquirir um terreno no bairro Indianópolis para construção da sede do educandário, mas a crise financeira que atingiu o Brasil inviabilizou o projeto[3].

A partir de 1949, o seminário passou a funcionar em sua sede própria localizada em uma área de 19.000m², onde também está localizado o campus Campinas da Universidade Presbiteriana Mackenzie[4].

Referências

  1. Igreja Presbiteriana do Brasil. «Seminários». Consultado em 2 de outubro de 2012. 
  2. Portal Guia-me. «Seminário Presbiteriano do Sul recebe novos investimentos». Consultado em 2 de outubro de 2012. 
  3. Seminário Presbiteriano do Sul. «Nossa história». Consultado em 2 de outubro de 2012. 
  4. Seminário Presbiteriano do Sul. «Quem somos». Consultado em 2 de outubro de 2012. 

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]