Seminário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "Seminarista" redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Seminarista (desambiguação). Para outros significados, veja Seminário (desambiguação).

O seminário é uma instituição da Igrejas Católica dedicada à formação de seus candidatos ao ministério sagrado. Os estudantes são os" seminarista"s e recebem preparação cultural (principalmente Filosofia e Teologia) bem como espiritual.

História[editar | editar código-fonte]

No decorrer da história mesopotâmica, os sumérios são considerados como a primeira civilização a ocupar os territórios entre os rios Tigre e Eufrates. No quarto milênio antes de Cristo, as primeiras populações sumerianas teriam se deslocado do planalto do Irã até se fixarem na região da Caldeia, que compreende a Baixa e a Média Mesopotâmia. Provavelmente, Quish foi a primeira cidade fundada e logo foi seguida pelo surgimento de cidades como Eridu, Nipur, Ur, Uruk e Lagash.

Do ponto de vista político, as cidades sumerianas eram completamente independentes entre si. Em cada uma delas, um sacerdote contava com o auxilio de um grupo de anciãos para que as principais decisões políticas fossem afixadas. Contudo, em certo momento, vemos que essa configuração passa a ser substituída por um modelo mais centralizador. O patesi assume a condição de monarca da cidade-Estado e transmite os poderes de seu cargo para um herdeiro, formando uma dinastia.

Uma das mais significativas contribuições dos sumerianos está ligada ao desenvolvimento da chamada escrita cuneiforme. Neste sistema, observamos a impressão dos caracteres sobre uma base de argila que era exposta ao sol e, logo depois, endurecida com sua exposição ao fogo. De fato, essa civilização mesopotâmica produziu uma extensa atividade literária que contou com a criação de poemas, códigos de leis, fábulas, mitos e outras narrativas.

A ausência de união política entre os sumerianos pode ser percebida na existência de vários conflitos entre as cidades que ocupavam o território. Aproveitando das constantes guerras entre as cidades de Lagash e Ur, os semitas se instalaram na Mesopotâmia e organizaram uma robusta civilização em torno da cidade de Acad. Por volta de 2350 a.C., os acadianos conquistam as regiões sumerianas e, assim, constituíram o Império Acádio, o primeiro grande Estado mesopotâmico.

O primeiro e único seminário para formação de ministros eclesiásticos anterior ao Concílio de Trento era o de Valência, Espanha, fundado por São Tomás de Vilanova. Em princípio, era um seminário para a formação dos futuros clérigos diocesanos cujos candidatos eram geralmente pobres – daí a preocupação de Tomás por criá-lo.

Já posteriormente, a história dos seminários tem origem no decreto emanado em 1563 durante a fase conclusiva do Concílio de Trento, quando foi decidida a instituição para garantir aos candidatos ao ministério uma maior preparação cultural e uma formação espiritual mais profunda. Foi fundamental a contribuição original de São Carlos Borromeu, na definição institucional e material dos seminários.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Há diversos tipos de seminários: os seminários menores recebem alunos mais novos, que não estão ainda em idade para o ensino superior. Os seminários maiores incluem os alunos que estão já na última etapa da sua formação para o sacerdócio e que frequentam o curso superior de Teologia. Alem destes, de forma um pouco diferente existem os pré-seminários, que recebem potenciais ingressores nos seminários.

Cotidiano interno[editar | editar código-fonte]

A vida dentro de um seminário divide-se entre alguns tempos de oração – sobretudo de manhã –, a missa diária, as aulas, os serviços comuns, os tempos de convívio, de estudo e de preparação de atividades pastorais. Na formação apresentada por um seminário católico é observado geralmente quatro dimensões, sendo elas: a dimensão espiritual (oração, inclusive a Missa), a dimensão intelectual (aprendizado, estudo e aulas), a dimensão comunitária (convivência, relações humanas-afetivas, caridade) e a dimensão pastoral (sua capacidade de desenvolver trabalhos propostos pela Igreja em meio ao povo e a comunidade de atuação), tudo isso em vista da preparação para um futuro sacerdote colaborador.

As Igrejas protestantes também têm seminários. Geralmente, a formação é de licenciatura em Teologia. E, inclusive, há seminários protestantes que são de orientação interdenominacional ou que funcionam como agências independentes de ensino teológico.

Significados alternativos[editar | editar código-fonte]

Outro significado significativo de "seminário" é o seminário acadêmico, que é uma apresentação científica, literária ou artística oral utilizada para fins avaliativos.

Outra definição ainda possível é o de um grupo de estudos, pesquisas, hipóteses, planejamentos, teses, opiniões, teorias, análises, ideias, projetos, pensamentos ou discussões a respeito de determinado assunto.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Seminário