Signos femininos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

De acordo com Cláudio Ptolomeu, seis dos signos são masculinos e diurnos, e seis são femininos e noturnos.[1] Os signos de Áries e Libra são masculinos e diurnos, e os demais signos se alternam, cada masculino e diurno seguido por um feminino e noturno, alternando-se.[1]

Signos de polaridade feminina (também conhecida como princípio yin, passivo, noturno ou negativo) é um conceito que divide os signos do zodíaco em duas partes, criando-se signos de características masculinas e femininas. Refere-se a todos os signos zodiacais[2] a ocuparem casas astrológicas de números pares: Taurus.svg Touro, Cancer.svg Câncer, Virgo.svg Virgem, Scorpio.svg Escorpião, Capricorn.svg Capricórnio e Pisces.svg Peixes[3]. Estes signos pertencem aos elementos terra e água.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Cláudio Ptolomeu, Tetrabiblos, Capítulo XV, Signos masculinos e femininos, [em linha]
  2. [1]
  3. [2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre esoterismo ou ocultismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.