Sinus Iridum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sinus Iridum

Sinus Iridum (latim: "Baía do Arco-íris")[1] é uma planície da lava basáltica localizada na extensão noroeste do Mare Imbrium, na Lua. É cercada, na direção nordestesudoeste, pela cadeia de Montes Jura. A parte saliente a sudoeste é chamada de Promontorium Heraclides e a nordeste é chamada de Promontorium Laplace.[2] Esta planície e as cadeias de montanhas subjacentes são considerados um dos mais bonitos pontos da Lua e é um ponto favorito de observação entre os astrônomos.

A planície, em forma de baía, não contém nenhum ponto relevante de impacto mas inclui as crateras Heraclides E ao sul, Laplace A ao longo de seu limite oriental e Bianchini G ao norte. A superfície é plana mas é marcada por pequena quantidade de dorsa.

Suas coordenadas selenográficas são 44,1º N e 31.5º W e seu diâmetro atinge 249 km.[1] Seu nome latino foi dado pelo astrônomo italiano do século XVII Giovanni Battista Riccioli, que batizou diversas áreas e pontos lunares, sendo chamado por alguns de "O Poeta da Lua".[3]

Referências

  1. a b «Gazetteer of Planetary Nomenclature». International Astronomical Union. Consultado em 2 de dezembro de 2013 
  2. «Full Moon Atlas: Sector B-2 Northwestern Mare Imbrium/ Sinus Iridium». The Full Moon Atlas. Consultado em 2 de dezembro de 2013 
  3. Smith, Andrew. Bloomsbury, ed. Moondust: In Search Of The Men Who Fell To Earth. 2005. [S.l.: s.n.] ISBN 0747563691 
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.