Slava

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Slava, celebração da festa do santo padroeiro das famílias
Slava.JPG
Slava
País(es)  Sérvia
Domínios Tradições e expressões orais
Usos sociais, rituais e atos festivos
Referência 01010
Região Europa e América do Norte
Inscrição 2014 (9.ª sessão)
Lista Lista Representativa
Unesco Cultural Heritage logo.svg UNESCO-ICH-blue.svg

Slava (cirílico: Слава) é uma festividade celebrada na Sérvia pelas famílias cristãs ortodoxas em homenagem ao seu santo padroeiro, que consideram um protetor e que garante a sua prosperidade.[1] O costume, além dos sérvios, que o consideram uma característica específica da sua cultura, também é encontrado na Macedónia do Norte,[2] partes da Bulgária,[3] e ainda, com outro nome, entre alguns croatas, albaneses ortodoxos, gregos e russos, mesmo que em geral fora da Sérvia se tenha perdido no século XX. A palavra slava significa "glória" ou "louvor".

A celebração consiste em uma oferta ritual de sacrifício, sem efusão de sangue, e uma festa que reúne a família e os seus vizinhos e amigos. Uma vela especial é acesa em casa e vinho é derramado sobre o bolo do Slava, que é cozido e decorado pela esposa do anfitrião, antes de fazer uma incisão na forma de uma cruz, levantando-a girando-a e cortando-a em quatro pedaços. Enquanto o ritual é realizado, canta-se loas em honra do santo padroeiro, havendo recitação de orações pedindo prosperidade. A divisão e distribuição do bolo é feita pelo anfitrião com o convidado mais envolvido, ou o mais ilustre, ou com outros membros da família. Depois, a refeição começa com a libação cerimonial de um copo de vinho, a degustação de um prato e um brinde à saúde, fecundidade e bem-estar da família e de todos os seus convidados. Dentro das famílias, as mulheres desempenham um papel importante na transmissão do conhecimento sobre os rituais desta celebração, sua execução, seu significado e seus propósitos. A comida da festa slava fortalece as relações sociais e desempenha um papel importante na manutenção e fomento do diálogo nas regiões multi-confessionais.[1]

Desde 2014 que a tradição sérvia da slava, enquanto celebração da festa do santo padroeiro das famílias, está classificada pela UNESCO na lista representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Slava

Referências

  1. a b c «La Slava, celebración de la fiesta del santo patrón de las familias». Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  2. Jovan F. Trifunovski. «Породична слава и сличне славе у охридско-струшкој области» (PDF) (em sérvio). Bulletin of the Ethnografical Institute SASA, vol XLV. Consultado em 22 de janeiro de 2019. Arquivado do original (PDF) em 24 de setembro de 2015 
  3. Petko Hristov. «За пропагандната употреба на празника» (em búlgaro). Literature Network