Sobretreinamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ícone de esboço Este artigo sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O treinamento bem orientado é importante para evitar o sobretreinamento.

Sobretreinamento (em inglês overtraining), também conhecido como Síndrome do Sobretreinamento, é caracterizado pela perda da performance decorrente de um treinamento excessivo e prolongado, seja por volume ou intensidade muito elevados e/ou recuperação inadequada.

O diagnóstico do sobretreinamento é muito difícil, uma vez que os sintomas são parecidos com os do treinamento normal. Um dos sinais mais imporantes é a incapacidade de manter a intensidade do treinamento pelo aumento da fadiga em resposta ao estresse excesivo.[1]

Sintomas[editar | editar código-fonte]

Os sintomas podem ser de ordem físico e motor, psicológico e funcional. Entre eles podemos destacar: diminuição da velocidade, força e resistência, diminuição da recuperação, falta de confiança, falta de persistência, diminuição do tempo de reação, medo das competições, insônia, falta de apetite, recuperação da frequencia cardíaca mais longa que o normal, entre outras.

Referências

  1. CUNHA, Giovani dos Santos; RIBEIRO, Jerri Luiz; OLIVEIRA, Alvaro Reischak de. Sobretreinamento: teorias, diagnóstico e marcadores. Rev Bras Med Esporte. Vol. 12, Nº 5 – Set/Out, 2006.

Bibligrafia[editar | editar código-fonte]

  • WEINECK, Jurgen. Treinamento Ideal. São Paulo: Manole, 2003.
  • BOMPA, Tudor O. Periodização: Teoria e Metodologia do Treinamento. Phorte Editora. São Paulo, 2002.