Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chapadão
SercChapadao.png
Nome Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão
Alcunhas SERC, Tricolor
Mascote Pica-Pau
Fundação 28 de agosto de 1981 (38 anos)
Estádio Estadio da SERC (Toca do Pica-Pau)
Capacidade 6.000
Localização Chapadão do Sul, MS
Presidente João Félix Boteselle
Treinador Rodrigo Azevedo
Material (d)esportivo RM Sports
Competição Sul-Mato-Grossense - Série A
Website [[1]]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão (conhecido por Chapadão ou SERC) é um clube brasileiro de futebol, com sede na cidade de Chapadão do Sul, no estado de Mato Grosso do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

A SERC (Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão) nasceu coisa nenhuma,originaria do município de Chapadão do Sul. Um grupo de amigos, amantes do esporte e do futebol reuniu-se e fundou o clube no dia 28 de agosto de 1981. Naquela época o povoado onde hoje existe a cidade de Chapadão do Sul, emancipada em 1987, era chamado de Chapadão dos Gaúchos.

Entre os fundadores havia colorados e gremistas. Para conciliar as cores do Sport Club Internacional (time fundado por um fluminense), vermelha e do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense (fundado por um paulista), azul, o uniforme recebeu as cores vermelha, azul e mais uma para apaziguar os torcedores gaúchos, a branca. Esse é o motivo do uniforme tricolor da SERC, com as cores vermelha, azul e branca.

No início o time da futura cidade de Chapadão do Sul participava apenas de campeonatos regionais. Pelo seu excelente desempenho e organização o clube recebeu um convite especial para disputar a primeira divisão profissional do estado no ano de 1991. Participou, sem passar pela segunda divisão. Para quem estreava, o time saiu-se até bem. Ficou em 7º lugar. Voltou ao campeonato em 1993.Com um time melhor estruturado, ficou em 4º lugar. Continuou em 1994 e chegou em 3º. Aproveitou a experiência dos anos anteriores e montou um time para ser campeão em 1995, conquistando o seu primeiro campeonato estadual naquele ano.[1] Retornou somente em 1998, quando foi vice-campeã do estado. Voltou a participar em 2002, chegando desta vez ao 3º lugar. Foi bi campeão em 2003.[1]

Passou por rebaixamentos e acessos, conquistando dois títulos da Série B (em 2009 e 2014)[2]. Após cair em 2017, conquista o acesso em 2018, [3] só que terminou como vice campeão. [4]

Escudo antigo

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

1995[1] e 2003[1]
2009 [2] e 2014[2]

Participações em competições nacionais[editar | editar código-fonte]

Série C: 2003-2004, 2006 (3 participações)[5]

Copa do Brasil 2004-2005, 2007 (3 participações)[5]

Referências

  1. a b c d «Campeões do Campeonato Sul Matogrossense». www.campeoesdofutebol.com.br. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. a b c «Campeões do Campeonato Sulmatogrossense da Segunda Divisão». www.campeoesdofutebol.com.br. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. https://www.ocorreionews.com.br/chapadao-do-sul/serc-esta-de-volta-a-serie-a-do-estadual/
  4. «Aquidauanense é campeão da Série B com 100% de aproveitamento». www.correiodoestado.com.br. Consultado em 26 de julho de 2019 
  5. a b «Participantes do Campeonato Brasileiro -». www.rsssfbrasil.com. Consultado em 26 de julho de 2019