Spirillum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaSpirillum
Spirillen.jpg

Classificação científica
Reino: Bacteria
Filo: Proteobacteria
Classe: Betaproteobacteria
Ordem: Nitrosomonadales
Família: Spirillaceae
Gênero e espécie
  • Spirillum
    • Spirillum minus
    • Spirillum pleomorphum
    • Spirillum pulli
    • Spirillum volutans
    • Spirillum winogradskyi

Spirillum ou Espirilo é um gênero de bactérias Gram-negativas, helicoidal, rígidas, microaerófilas obrigatórias, com tufos de flagelos em ambas extremidades. [1] A hélice do maior espirilo, S. volutans, é de 5 a 8 um (micrômetros) de diâmetro por 60 mm de comprimento. Possuem de 0 a 5 hélices. A maioria das espécies é de vida aquática livre, exceto pelo Spirillum minus que causa Febre da mordedura do rato em humanos e macacos.[2]

Foram descritos pela primeira vez por van Leeuwenhoek em 1670.

Cultivo[editar | editar código-fonte]

Crescem bem em água doce estagnada com material orgânico. Eles precisam de uma atmosfera de 1-9% de oxigênio para crescer, possuem atividade de catalase fraca, mas produzem reações positivas para ensaios de oxidase e fosfatase.[1]

Referências