Startup Weekend

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Startup Weekend é uma organização estadunidense sem fins lucrativos, com sede em Seattle, Washington, nos Estados Unidos. A organização tem como principal objetivo proporcionar eventos de empreendedorismo prático onde são fomentados ideias de inovação. Os eventos dão oportunidade a empreendedores, investidores, desenvolvedores, designers, profissionais de marketing e entusiastas de reunir-se, compartilhar, maturar e validar suas ideias, formar times e criar startups.[1][2]

Já aconteceram mais de 1500 Startup Weekends, em mais de 700 cidades e mais de 13 mil startups já foram criadas a partir do evento.[3][4] Além disso, mais de um terço dessas startups continuam ativas mesmo após 3 meses do evento.[5] A Fundação Kauffman, Google, Amazon AWS, IBM e Microsoft são patrocinadores oficiais do evento.[2][6][7] Até junho de 2015, países como Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, Brasil, Austrália, Malásia, Irlanda, Japão, Quênia, Porto Rico, México, China, Peru, entre outros, já foram contemplados com eventos da organização.

História[editar | editar código-fonte]

A Startup Weekend foi fundada por Andrew Hyde em julho de 2007, em Boulder, Colorado, nos Estados Unidos.[8] Após a reunião de 70 empreendedores para criar uma startup em um final de semana, o modelo rapidamente se popularizou. No início de 2010, Marc Nager e Clint Nelsen juntaram-se ao projeto e a organização foi registrada como sem fins lucrativos, mudando-se também para Seattle, no estado estadunidense de Washington. Em fevereiro de 2010, Franck Nouyrigat juntou-se ao projeto como co-diretor e CTO.

Com o passar dos anos, escritórios regionais da Startup Weekend foram abertos em vários outros estados dos Estados Unidos, e também em outros países do globo. Em 2012, foram abertos escritórios da organização na Cidade do México e em Londres.[9][10] Além disso, segundo Marc Nager, há intenção de alcançar o Brasi, a Índia, a China e países da África e Ásia.[11]

Em junho de 2015, a empresa aceleradora e financiadora Techstarts adquiriu a Up Global, organização sem funs lucrativos que gerencia os eventos da Startup Weekend. A compra tem o objetivo de ampliar o ecosistema global de empreendimento, incentivando os pequenos empreendedores formados nos eventos da Startup Weekend a buscar incubação e aceleração na Techstarts e em outras empresas.[12][13][14][15] Segundo Cohen, co-fundador da Techstarts, a empresa não tem o objetivo de usar os eventos para sua promoção, e eles continuarão a ser abertos e dirigidos pela comunidade.[12][13]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Todos os eventos acontecem de maneira semelhante. O primeiro dia é reservado para os pitches dos projetos. Um pitch é um discurso rápido e suscinto sobre um assunto. Cada grupo tem poucos minutos para fazer seu pitch, e assim cativar o interesse dos participantes. No discurso, deve ser priorizado a história dos empreendedores, o problema que se está tratando, o produto que se propõe a resolver o problema, as áreas de conhecimento necessárias para desenvolver o produto (programação, design) e o nome da startup.[16] Todos os presentes votam e são escolhidas as melhores ideias. Estas serão implementadas durante o Startup Weekend.

Formam-se equipes que têm 54 horas para criar seus modelos de negócios, desenvolver as ideias escolhidas, envolvendo programação, design e validação de mercado.[1][17] Há, durante o evento, duas sessões de mentoria, uma no sábado e uma no domingo, com mentores qualificados dispostos a auxiliar as equipes nas dificuldades de implementação e validação dos projetos.[16]

Depois das 54 horas, no último dia do evento, todas as equipes têm oportunidade de apresentar seus projetos e os produtos criados. Os juízes designados então votam e escolhem as equipes vencedoras, com maior potencial de negócio e escalabilidade. As equipes vencedoras recebem prêmios e têm então oportunidade de apresentar suas ideias a investidores e empreendedores de sucesso.[2][3]

Casos de sucesso[editar | editar código-fonte]

Easy Taxi[editar | editar código-fonte]

Iniciada em uma edição da Startup Weekend no Rio de Janeiro, a empresa Easy Taxi foi de startup criada em 54 horas a multinacional, presente em 30 países, considerada líder global no mercado. A startup começou em 2011, fundada por Tallis Gomes, que obteve a ideia a partir de sua dificuldade de encontrar um táxi em um dia de chuva durante o evento.[18] Depois de ter a ideia validada, e o modelo de negócios pronto, a startup investiu bastante em marketing para poder se tornar conhecida. Depois de vários meses e investimentos dos fundos Rocket, Millicom e Latin America Internet Holding (LIH),[19] a empresa obteve condições suficientes para expandir as operações para o México, Cingapura, Egito, Nigéria, e outros países.[18]

TripLingo[editar | editar código-fonte]

A TripLingo é mais uma empresa que evoluiu de uma startup criada em uma edição da Startup Weekend, em Atlanta, nos Estados Unidos. A empresa oferece em um aplicativo ferramentas para indivíduos em países estrangeiros, especialmente. Com o aplicativo, os turistas podem aproveitar a viagem de maneira mais produtiva e segura. As ferramentas disponíveis incluem um tradutor de áudio instantâneo para se comunicar com pessoas nativas e um conjunto categorizado de frases úteis quando se está viajando.[9]

Carousell[editar | editar código-fonte]

Iniciada no Startup Weekend Singapura em 2012, a Carousell é uma startup cujo produto é uma plataforma de compra e venda peer-to-peer, ou seja, consumidor a consumidor diretamente.[20] No evento em Cingapura, a equipe ficou na posição 22, de 80 equipes, onde apenas 20 seriam selecionadas. Segundo Sin Rui, co-fundador da Carousell, duas equipes acima desistiram da competição e a startup conseguiu a última posição classificatória no evento. A equipe terminou a edição do Startup Weekend como vencedora e isso os alavancou na jornada de empreendedorismo.[21] Desde então, a Carousell se tornou a aplicação número 1 na categoria "estilo de vida" em Cingapura e está presente em Taiwan, Indonesia e Malaysia. Em 2014, conseguiu 6 milhões de mólares através da Sequoia Capital, empresa de investimentos que apoiou companhias como Apple e Google.[21]

Rover.com[editar | editar código-fonte]

Vencedora da edição Startup Weekend Seattle 2011, a Rover.com, inicialmente chamada A Place for Rover, oferece um serviço online onde criadores de animais domésticos necessitando de ajuda e pessoas dispostas a cuidar de animais por alguns dias podem se encontrar.[22] Em 2013, o grupo de financiamento The Foundry levantou em uma rodada de investimento 7 milhões de dólares para a startup.[23][24] A Rover.com é comumente chamada de "Airbnb para cães", fazendo menção à startup AirBnb, que oferece um serviço olinde de anúncio, descoberta e reserva de acomodações. Em 2014, a empresa de capital de ventura Menlo Ventures liderou uma rodada de investimentos to total de 12 milhões de dólares para a Rover.com.[25] A razão para tamanho investimento é a vasta dimensão do mercado de pet sitting nos Estados Unidos, estimada em quase 60 bilhões de dólares em 2014.[26][27] Em agosto de 2015, a Rover.com anuncia ter 25 mil cuidadores de animais certificados.[28]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2015/02/03/recife-tera-quatro-startup-weekends-entre-marco-e-mail
  2. a b c Regina Schrambling (22 de fevereiro de 2011). «How Startup Weekend Got Its Start». Entrepreneur 
  3. a b «Notícia - Feira do Empreendedor 2014 - SEBRAE». feiradoempreendedorpe.com.br 
  4. http://startupweekend.org/events/
  5. «About». startupweekend.org 
  6. «Startup Weekend™ Expands Operations Globally, Opens Regional Offices in London and Mexico City - Kauffman.org». kauffman.org 
  7. «Startup News: Startup Weekend Partners With Kauffman Foundation» 
  8. https://www.crunchbase.com/person/andrew-hyde
  9. a b «Startup Weekend Opens Regional Offices in London and Mexico City». UP Global  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "blog.up.co" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  10. John Cook. «Startup Weekend continues global expansion, opens regional offices in Mexico City and London». GeekWire 
  11. «Startup Weekend Expands Global Operations with New Foreign Offices». Xconomy 
  12. a b «Techstars acquires nonprofit parent of Startup Weekend» 
  13. a b «Why Techstars Acquired Startup Weekend» 
  14. «Techstars Buys UP Global, The Non-Profit Behind Startup Weekend» 
  15. «Techstarts Acquires UP Global Including Startup Weekend and Other Programs» 
  16. a b «Como funciona o Startup Weekend?» 
  17. «Startup Weekend Recife UFPE - Março 2015». sympla.com.br 
  18. a b Marina Gazzoni (20 de abril de 2014). «Easy Taxi vai de startup a múlti presente em 30 países». Exame 
  19. «Easy Taxi: de startup a multinacional presente em 30 países». VEJA.com. 20 de abril de 2014 
  20. «What is Carousell?» 
  21. a b «Young & Entrepreneurial: How these first-time Entrepreneurs built Carousell, the #1 Lifestyle App in Singapore» 
  22. «An Airbnb for your pet? A Place for Rover wins best in show at Startup Weekend» 
  23. «Rover.com Raises $7 Mln Series B Round» 
  24. «techcrunch.com/2013/02/04/pet-boarding-and-dogbnb-startup-rover-raises-7m-to-take-on-dogvacay/» 
  25. «Rover.com fetches $12M, plans to expand dog sitting marketplace» 
  26. «Pet Industry Market Size & Ownership Statistics» 
  27. «Adding to Income by Caring for Pets That Aren't Yours» 
  28. «About Rover.com»