Sture Bergwall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sture Bergwall (nascido Sture Ragnar Bergwall; 26 de abril de 1950 em Korsnäs, Falun, Suécia), também conhecido como Thomas Quick, foi um indivíduo que por muito tempo acreditou-se ser um serial killer, tendo confessado mais de 30 assassinatos quando foi encarceirado em uma clínica mental voltada para infratores.[1][2]

Bergwall cresceu em Korsnäs com seus seis irmãos.[3] Ele adotou de sua mãe o nome de solteira, Quick, por volta de 1991.[4] Sem testemunhas ou provas técnicas forenses que ligassem ele aos crimes, Quick foi condenado no mérito de suas próprias confissões.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Refererências[editar | editar código-fonte]

Literatura[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.