Suomi KP/-31

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Suomi KP/-31

Suomi KP/-31
Tipo Submetralhadora
Local de origem  Finlândia
História operacional
Em serviço 1931–anos 1980
Guerras Guerra do Chaco[1]
Guerra Civil Espanhola[1]
Levante Integralista
Segunda Guerra Mundial (Guerra de Inverno, Guerra da Continuação e Guerra da Lapônia)[2]
Guerra árabe-israelense de 1948[3]
Guerra da Coreia
Histórico de produção
Criador Aimo Lahti
Data de criação Final dos anos 1920
Fabricante Tikkakoski
Período de
produção
1931–1953
Quantidade
produzida
Aprox. 80.000
Variantes Kpist m/37
Kpist m/37-39
Kpist m/37-39F
Lettet-Forsøgs
Madsen-Suomi
Hispano Suiza MP43/44
Especificações
Peso 4,6 kg
Comprimento 870 mm
925 mm (SJR)
740 mm (bunker version)
Comprimento 
do cano
314 mm
Cartucho 9×19mm Parabellum
7,65×21mm Parabellum[4]
Ação Blowback
Cadência de tiro 750–900 tiros por minuto
Velocidade de saída 396 m/s[5]
Alcance efetivo 200 m[6]
Sistema de suprimento Carregador tipo caixa de 20, 36 ou 50 tiros ou tipo tambor de 40 ou 71 tiros. Carregador tipo caixa de 32 munições de MP 38 e MP 40 modificado
Mira Alça e massa de mira

A Suomi KP/-31 (em francês: Suomi-konepistooli m/31, "Finlândia-submetralhadora modelo 1931") é uma submetralhadora finlandesa que foi usada principalmente durante a Segunda Guerra Mundial. É uma descendente do protótipo M-22 e do modelo de produção KP/-26, que foi revelada ao público em 1925. Entrou em serviço na Finlândia em 1931 e permaneceu em uso até a década de 1980.[3]

A Suomi KP/-31 é considerada por muitos[7] como uma das submetralhadoras de maior sucesso da Segunda Guerra Mundial. Também teve um efeito profundo no conflito além da Finlândia, pois as autoridades soviéticas, que haviam rejeitado as submetralhadoras, foram persuadidas de sua eficiência fatal pelas forças finlandesas na Guerra de Inverno de 1939-1940.[8] Seu carregador tipo tambor de 71 tiros foi posteriormente copiado e adotado pelos soviéticos para suas PPD-40 e PPSh-41.[9] Embora um projeto relativamente antigo, a Suomi era uma arma formidável: altamente controlável[10] e com precisão superior à da PPSh-41 produzida em massa[9] ao custo de uma massa significativamente maior para absorver o recuo, com a mesma cadência de tiro excepcionalmente alta e uma capacidade de carregador igualmente grande.[9] Sua única grande desvantagem era o alto custo de produção, que levou à introdução posterior da KP/-44, uma cópia aproximada da soviética PPS-43, mas aceitando os carregadores tipo caixa e tambor existentes da KP/-31.

A M-22 e a KP/-26 foram fabricadas pela Konepistooli Oy, fundada pelo Mestre Armeiro Aimo Lahti, Capitão V. Korpela, Tenente Y. Koskinen e Tenente L. Boyer-Spoof. A Suomi KP/-31 foi projetada por Koskinen e Lahti.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Guns of the Third Reich, p. 163
  • Thompson, Leroy (23 de março de 2017). The Suomi Submachine Gun. Col: Weapon 54. [S.l.]: Osprey Publishing. ISBN 9781472819642 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Suomi KP/-31